PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

De olho no mercado de luxo, empresa cria malas para transporte de vinho em viagens

Do UOL, em São Paulo

17/07/2012 06h00

De olho no mercado de luxo, uma empresa sediada no bairro da Mooca, zona leste de São Paulo, criou uma linha de malas feitas exclusivamente para transportar garrafas de vinho em viagens aéreas.

A Winefit foi criada pelo cinegrafista e fotógrafo Dirceu Moraes em 2009 e registrou crescimento de cerca de 120% até 2011. Mais de 20 mil malas foram vendidas no período.

Moraes é dono da EzGrip, que desde os anos 80 criava malas para transporte de equipamentos como câmeras, monitores, tripés, baterias e cabos.

Em 2006, começou a desenvolver malas para vinhos a pedido de um banqueiro paulista que queria transportar presentes para o Natal daquele ano. A sugestão foi levada adiante e transformou-se na nova marca da empresa.

Malas são feitas a mão e podem custar até R$ 2.870

Atualmente, a Winefit atende prioritariamente a profissionais do mercado financeiro e altos executivos que compram vinhos em viagens internacionais. As malas, de nylon ou couro, são feitas a mão e são projetadas para proteger os vinhos das oscilações de temperaturas.

A empresa diz que as malas podem ser despachadas normalmente com o restante da bagagem, sem risco de danos às garrafas. Segundo a companhia, não é necessário colocar adesivos de "frágil", pois o material seria resistente, e as garrafas não quebrariam. As malas possuem estrutura de alumínio e são acolchoadas internamente.

As malas transportam de duas a 18 garrafas. Os preços variam de R$ 980 a R$ 2.870. A venda é feita por telefone e os produtos já são vendidos também na Itália, na Alemanha e nos Estados Unidos.

As vendas são diretas ao cliente final, a empresa entrega no Brasil e no exterior em 48 horas, e atualmente tem parceiros na Itália na Alemanha e nos EUA, embora  ainda programe o maior impulso para exportação para os próximos anos.

PUBLICIDADE