Bolsas

Câmbio

Lucro do Santander cai pela metade no mundo; resultado no Brasil decepciona

Do UOL, em São Paulo

O lucro do banco espanhol Santander caiu pela metade no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado. O maior banco da zona do euro sofre com o agravamento da crise na Europa. O banco espanhol teve lucro líquido de € 1,7 bilhão (aproximadamente R$ 4,2 bilhões) nos seis primeiros meses de 2012.

A América Latina responde por metade do lucro do Santander e analistas esperavam que resultados positivos no Brasil ajudassem a compensar as perdas globais. Porém, os resultados do Santander Brasil decepcionaram.

"O Brasil foi a grande decepção", disse Jaime Beceril, do JP Morgan à agência de notícias Reuters.

Analistas apontaram entre os problemas as menores receitas na América Latina e maiores perdas em crédito, especialmente no Brasil, onde a economia está passando por desaquecimento, elevando os calotes no setor bancário.

Para cumprir obrigações com os órgãos reguladores da União Europeia (UE), o banco está precisando liquidar dívidas de empréstimos e financiamentos, que devem chegar a € 8,8 bilhões até o final do ano.

Ainda assim, a grande diversificação dos negócios do Santander pelo mundo (com destaque para Brasil, México, Polônia e Reino Unido) tem feito com que o banco sofra menos que outros rivais na Espanha. 

Resultados do Brasil no 2º trimestre

O lucro líquido do Santander Brasil (SANB11) foi de R$ 1,464 bilhão no 2º trimestre, queda de 5,48% na comparação com o mesmo período do ano anterior. 

"Com a expectativa de retomada da atividade econômica a partir do segundo semestre, a tendência esperada será uma melhora nos atuais patamares de inadimplência e consequentemente de despesa de provisão", afirmou o Santander Brasil no balanço.

Bancos sentem aumento da inadimplência

Seguindo quadro apresentado pelos rivais Bradesco (BBDC4) e Itaú Unibanco (ITUB4), o Santander Brasil fechou o 2º trimestre com aumento da inadimplência, com alta de 49% na provisão para créditos de liquidação duvidosa (aqueles com maior risco de não serem pagos), chegando a um montante de R$ 3,8 bi.

(Com informações da Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos