ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Negros e mulheres têm mais dificuldade para conseguir emprego

21/09/2012 10h00

Apesar da queda do nível de desemprego nos últimos dois anos, ainda persiste, para alguns grupos, uma dificuldade maior de conseguir trabalho, diz o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Aproximadamente 6,7 milhões de pessoas estavam desocupadas (não estavam ocupadas, mas continuavam buscando emprego) em 2011. Na comparação com 2009, ano em que foram percebidos efeitos da última crise econômica mundial no mercado de trabalho brasileiro, houve redução de 1,6 milhão de pessoas, cerca de um quinto.

Mais da metade (59%) dos desocupados em 2011 eram mulheres; 57,6% eram pretos ou pardos (essa é a designação usada oficialmente pelo IBGE para identificar negros); 53,6% deles não tinham completado o ensino médio; e 33,9% eram jovens entre 18 e 24 anos de idade.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada nesta sexta-feira (21) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia