IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Após apagões, Dilma troca diretoria da empresa que deveria 'prever' problemas

Do UOL, em São Paulo

01/11/2012 12h09

A presidente Dilma Rousseff exonerou um e nomeou dois diretores para a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). As decisões estão no Diário Oficial da União desta quinta-feira (1º).

Álvaro Henrique Matias Pereira e Amílcar Gonçalves Guerreiro, que está sendo reconduzido ao cargo, foram nomeados para um período de quatro anos. Já Ibanês César Cássel foi exonerado.

A EPE realiza estudos e pesquisas destinadas a subsidiar o planejamento do setor energético. Ela foi criada após os primeiros grandes apagões ocorridos no país.

A troca ocorre uma semana após os recentes apagões que afetaram todo o Nordeste e parte dos Estados do Norte. A presidente Dilma, que já foi ministra das Minas e Energia, teria ficado bastante irritada com os problemas de falta de energia registrados no país.

Por causa dos blecautes foi criado um grupo de trabalho coordenado pelo Ministério de Minas e Energia, com a participação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que foi formado para avaliar as recentes interrupções no fornecimento de energia.

(Com informações de agências)

Mais Economia