PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Itaipu vai lançar em 2013 avião elétrico com bateria e biocombustível

Modelo ACS 100 Sora, usado nas pesquisas, será adaptado para receber a nova tecnologia. - Divulgação
Modelo ACS 100 Sora, usado nas pesquisas, será adaptado para receber a nova tecnologia. Imagem: Divulgação

Matheus Lombardi

Do UOL, em São Paulo

14/12/2012 06h00

O primeiro avião elétrico do país deve ser lançado em agosto de 2013. Com um motor híbrido, que funciona com bateria elétrica e biocombustível, a aeronave terá autonomia de aproximadamente 300 quilômetros com apenas uma carga --o equivalente a uma viagem de São Paulo a Ribeirão Preto (SP), por exemplo.

Em parceria com a ACS Solutions, a Itaipu Binacional pesquisa novas tecnologias capazes de dar mais autonomia de voo aos aviões. Reduzir o peso e aumentar a potência da bateria utilizada são os maiores desafios desse projeto.

As pesquisas colocam o Brasil em posição de destaque no cenário internacional, segundo o coordenador brasileiro do programa de veículos elétricos da Itaipu Binacional, Celso Novaes.

"Um dos fatores limitadores para os veículos elétricos é a autonomia. No mundo inteiro, as baterias estão no limite. Buscamos ter mais energia na mesma bateria e reduzir o peso. A indústria mais sensível nesse sentido é a indústria aeronáutica", afirma.

O modelo utilizado nas pesquisas, o ACS 100 Sora, que utiliza um motor a combustão, está sendo adaptado para receber a nova tecnologia.

Segundo Novaes, os primeiros voos de teste serão realizados em julho do próximo ano. Após as empresas conseguirem as certificações necessárias, a meta é comercializar o modelo.

"A ideia é que o avião seja produzido em escala industrial. O fator que vai viabilizar isso é o custo final do projeto. Queremos ser um exportador dessa tecnologia, a 'Embraer' dos motores elétricos", diz.

PUBLICIDADE