PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Governo quer liberar cervejas com mel, frutas, leite e chocolate

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

07/02/2013 10h59

O Ministério da Agricultura estuda alterar os padrões de produção permitidos para a cerveja no Brasil, com o objetivo de eliminar restrições feitas no país a ingredientes e técnicas já utilizados em outros países.

Entre as alterações previstas está a possibilidade de usar produtos de origem animal na elaboração da cerveja, como leite, mel e chocolate (fabricado com leite), além de ingredientes como frutas, ervas, vegetais e flores.

“Hoje são importadas cervejas com características que a nossa legislação para a produção não permite. Essa mudança pode dar mais competitividade à indústria nacional”, afirmou o diretor do Departamento de Inspecção de produtos de Origem Vegetal do ministério, Álvaro Viana.

Liberação vai depender de consulta pública

Na terça-feira (5) e quarta-feira (6), técnicos do ministério estiveram reunidos com representantes do setor produtivo, associações de consumidores, instituições de ensino e microempresários  para receber sugestões do segmento.

A próxima etapa para liberar o uso dos ingredientes no Brasil é submeter as propostas à consulta pública. O ministério pretende abrir o prazo de 60 dias da consulta ainda este mês. Depois desta etapa, o documento será submetido para análise do departamento jurídico do ministério.

O ministério ainda não definiu se as alterações serão regulamentadas por decreto, instrução normativa ou projeto de lei.

Obama fabricou cerveja com mel

Cervejas com estes ingredientes são comuns em outros países. A equipe do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, produz na Casa Branca versões caseiras de cerveja que levam mel na elaboração, batizadas de "The White House Honey Ale" e "Honey Porter".