PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Ação sobe 38% na estreia em NY, e Alibaba bate Facebook em valor de mercado

Do UOL, em São Paulo

19/09/2014 17h23Atualizada em 15/07/2020 19h43

A ação do Alibaba, gigante chinês de comércio eletrônico, fechou em alta de 38,07%, cotada a US$ 93,89 na venda. As ações começaram a ser negociadas na Bolsa de Nova York nesta sexta-feira (19), sob o código "BABA".

Com isso, o valor de mercado do Alibaba atinge US$ 231,19 bilhões, um pouco acima da Procter & Gamble (US$ 227,96 bilhões). A empresa chinesa supera o Facebook (US$ 200,2 bilhões), a Amazon (US$ 150,16 bilhões) e o eBay (US$ 65,41 bilhões). Ainda fica bem atrás da Apple (US$ 609,5 bilhões) e do Google (US$ 403,99 bilhões). Esses cálculos consideram o valor de fechamento das ações nesta sexta-feira.

Logo no início das negociações, o papel do Alibaba chegou a se aproximar dos US$ 100, com a forte procura dos investidores.

Cerca de 271 milhões de ações trocaram de mãos ao longo do dia, mais que o dobro da movimentação no primeiro dia do Twitter na Bolsa, no ano passado, mas menos do que o volume obtido pela General Motors e o Facebook.

IPO levantou US$ 21,8 bilhões

O preço final definido para cada papel na oferta pública inicial de ações (IPO) da companhia tinha sido de US$ 68, valor máximo previsto. Com isso, a empresa tinha levantado US$ 21,8 bilhões com a venda para investidores selecionados, em uma das maiores estreias em Bolsa de todos os tempos.

O IPO do Alibaba ficou atrás apenas da do Banco Agrícola da China, que levantou US$ 22,1 bilhões em 2010. Para efeito de comparação, a venda de ações do Facebook alcançou US$ 15 bilhões, em maio de 2012.

Mais negócios que Amazon e eBay juntos

O site chinês é uma espécie de ponto de encontro virtual, que conecta empresas do mundo todo com potenciais compradores e fornecedores.

Fundada por Jack Ma, a empresa com sede em Hangzhou controla 80% de todo o comércio on-line na China,segunda maior economia do mundo. O Alibaba movimentou cerca de US$ 250 bilhões em 2013 —mais do que a Amazon e o eBay juntos.

No Brasil, o Alibaba traduziu para o português seu site Aliexpress, voltado para o consumidor final. Em julho, assinou um acordo de entendimento com os Correios para ajudar empresas brasileiras, especialmente as menores e médias, a acessar o mercado chinês por meio de suas plataformas.

Empresa começou em um apartamento

A empresa foi criada em fevereiro de 1999, quando Jack Ma convidou 17 amigos ao seu apartamento, e fez uma longa apresentação sobre suas ambições e o quanto a China precisava de uma grande empresa de internet.

O segundo de três filhos, com pais artistas, Ma aprendeu inglês com turistas estrangeiros, e isso lhe rendeu seu primeiro emprego, dando aulas do idioma, em 1988, a US$ 14 por mês.

Entrou na faculdade após prestar vestibular por três vezes. Estudo Pedagogia. Empreendedor, criou uma das primeiras empresas de internet da China, em 1995.

Hoje é um célebre executivo, e um dos homens mais ricos da China.

(Com agências de notícias)