PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Caminhoneiro fura bloqueio em rodovia e mata manifestante no RS

Caminhoneiros discutem com um oficial da Polícia Rodoviária Federal no local onde um outro caminhoneiro matou um colega manifestante, no Rio Grande do Sul - Michelle Teixeira/Agência RBS
Caminhoneiros discutem com um oficial da Polícia Rodoviária Federal no local onde um outro caminhoneiro matou um colega manifestante, no Rio Grande do Sul Imagem: Michelle Teixeira/Agência RBS

Do UOL, em Porto Alegre

28/02/2015 10h28Atualizada em 28/02/2015 14h55

Um caminhoneiro matou um colega manifestante na manhã deste sábado (28), no Rio Grande do Sul, ao furar um bloqueio de pista. O acidente ocorreu na BR-392, em São Sepé (a 265 km de Porto Alegre), na região central do Estado. O motorista fugiu sem prestar socorro.

O movimento dos caminhoneiros continua forte no Estado. São 45 pontos bloqueados - 28 em estradas estaduais e 17 em federais.

A vítima do atropelamento é o caminhoneiro Cléber Adriano Machado Ouriques, 38. Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o motorista participava de um bloqueio quando um caminhão passou em alta velocidade, sem aceitar os pedidos dos manifestantes para que parasse. 

Ouriques, então, embarcou em um carro de passeio com outros colegas, que perseguiram o motorista. No km 291 da BR-392, os manifestantes ultrapassaram o caminhão, tomaram distância e fizeram uma barreira no meio da pista.

O caminhão furou novamente o bloqueio, mas atingiu Ouriques, que foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A situação é tensa no local. A PRF ainda tenta localizar o atropelador. 

A Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou nota em que lamentou o ocorrido. “Ao mesmo tempo em que se solidariza com familiares e amigos, o governo federal reforça o compromisso e a disposição para que a normalidade volte às rodovias brasileiras”, diz o comunicado.

PUBLICIDADE