PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Novo Star Wars deve faturar US$ 5 bi em produtos, de chuveiro a calcinha

Aiana Freitas

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/12/2015 06h00

O filme "Star Wars: O Despertar da Força" tem estreia prevista para 17 de dezembro no Brasil. Antes mesmo de o longa chegar às telas, no entanto, os personagens da saga já se fazem presentes em muitos lugares. Eles estão em copos, almofadas, bonecos, chuveiros e até calcinhas.

A empresa americana de pesquisas Macquarie Securities estima que o sétimo filme Star Wars movimente, apenas em um ano, até US$ 5 bilhões com vendas de produtos. Desse montante, 10%, ou US$ 500 milhões, devem parar nas mãos da Walt Disney Company, que detém os direitos da saga.

No Brasil, 47 empresas adquiriram os direitos de produzir itens associados ao tema. Entre elas, estão Riachuelo (moda e artigos para casa), Imaginarium (presentes), Havaianas (sandálias) e Nadir Figueiredo (utensílios domésticos).

Só a Riachuelo, por exemplo, lançou uma linha com quase 80 produtos relacionados ao filme, com itens variados como roupas de cama, roupas infantis e de adulto. Os preços vão de R$ 17,90 (calcinhas) a R$ 189,90 (jogo de cama de casal tamanho queen, com duas fronhas, um lençol de elástico e um lençol simples).

No mundo todo, cerca de 150 empresas têm a licença, segundo estimativas da Walt Disney Company. A americana Hasbro e a dinamarquesa Lego são algumas das que produzem brinquedos da saga com licença da Disney, e esses artigos também são vendidos aqui no Brasil.

Outras empresas decidiram investir em itens menos óbvios, como chuveiros (a americana Oxygenics), sapatos (a londrina Irregular Choice ) e joias (a designer Malaika Raiss, de Berlim, na Alemanha). A Walt Disney Company Brasil não soube informar se essas três empresas têm a licença oficial para vender esses produtos.

PUBLICIDADE