PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta quarta, 30 de março

Bruno Soares

Do UOL, em São Paulo

30/03/2016 19h34

Mercado financeiro

A Bolsa de São Paulo subiu 0,18%, com 51.248 pontos e fechou em alta pelo terceiro dia seguido. Com isso, o índice atingiu o maior valor de fechamento desde 27 de julho.

O desempenho de hoje foi puxado, principalmente, pelo resultado positivo de ações da Vale e do Itaú Unibanco. Os papeis da mineradora tiveram valorização de 3,53%. A ações do banco subiram 0,56%.

No mercado de câmbio, o dólar caiu 0,47%, cotado a 3,621 na venda. Com isso, a moeda americana acumula desvalorização de 9,56% no mês e de 8,29% no ano.

Leia mais

 

Contas no vermelho

O setor público registrou deficit de R$ 23 bilhões em fevereiro. A informação foi anunciada hoje pelo Banco Central. Este é o pior resultado para o mês desde 2002.

Na esfera federal, o deficit chegou a R$ 26,4 bilhões. Estados, estatais e municípios fecharam em R$ 3,4 bilhões. Esses dois valores somados ao pagamento de juros contribuíram para elevar a dívida bruta, que passou de 65% em outubro de 2015 para 67,6% em fevereiro deste ano.

Leia mais

 

Real e bolívar derrubam Gol

O prejuízo da companhia aérea Gol quadruplicou em 2015 e ficou em R$ 4,29 bilhões. Em relação às perdas de 2014 o aumento foi de 284%.

O resultado foi afetado pela queda do real e do bolívar venezuelano em relação ao dólar, que pesou sobre as despesas das operações financeiras internacionais da empresa.

Leia mais

 

Inflação do aluguel desacelera em março

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usada no reajuste do aluguel, desacelerou em março e fechou em 0,51% na comparação com fevereiro, quando ficou em 1,29%.

No acumulado de 12 meses, a inflação do IGP-M ficou em 11,56%.

Leia mais

 

FGTS como garantia de crédito consignado

O governo federal formalizou hoje a medida anunciada no fim de janeiro que permite o uso do FGTS como garantia em operações de crédito consignado.

Com isso, o empregado pode oferecer em garantia até 10% do saldo da conta vinculada no FGTS e até 100% do valor da multa paga pelo empregador, em caso de demissão sem justa causa.

Leia mais

 

Agenda

Amanhã o Banco Central divulga o relatório de inflação do primeiro trimestre deste ano.

Já o Conselho Monetário Nacional faz reunião para definir a taxa de juros do BNDES.