Bolsas

Câmbio

Presidente do Fed diz que pode subir juro nos EUA, e dólar passa de R$ 3,61

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Hdwallpapersfit

    A presidente do Fed (BC dos EUA), Janet Yellen

    A presidente do Fed (BC dos EUA), Janet Yellen

O Federal Reserve deve elevar os juros "nos próximos meses" se o crescimento econômico melhorar como esperado e se os empregos continuarem a ser gerados, disse a presidente do Fed (Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos), Janet Yellen, nesta sexta-feira (27).

"A economia continua melhorando. O crescimento parece estar melhorando", disse Yellen em comentários em Boston. "Se isso continuar e se o mercado de trabalho continuar a melhorar, nos próximos meses tal movimento [alta dos juros] será apropriado."

Depois da declaração, a cotação do dólar ampliou um pouco a alta. Operadores do mercado financeiro aumentaram as apostas de que o Fed pode elevar os juros já em junho.

Por volta às 15h15, o dólar avançava 0,84%, a R$ 3,614 na venda. Imediatamente antes das declarações de Yellen, a moeda norte-americana era negociada abaixo dos R$ 3,60 e com alta de cerca de 0,3%.

O dólar tende a subir no Brasil diante da possibilidade de aumento de juros nos EUA porque isso atrairia investimentos para aquele país. Aplicadores sairiam de outros países, como o Brasil. Como tirariam dólares daqui, haveria menos oferta da moeda e ela ficaria mais cara.

(Com Reuters)

Governo sobe imposto para compra de dólar

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos