App tem viagem compartilhada de helicóptero à praia por R$ 1.500 em 6 vezes

Andréa Carneiro

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Opções de usar helicóptero para fugir do trânsito em São Paulo estão se ampliando na cidade. O Uber, conhecido pelo serviço de transporte em carros, anunciou na segunda-feira (13) o início de suas operações com aeronaves.

Mas um outro aplicativo para helicópteros já funcionava em São Paulo desde maio, o Helo. Uma viagem até o litoral paulista, compartilhada com outros passageiros, custa cerca de R$ 1.500. O pagamento pode ser dividido em seis vezes.

O Helo permite pesquisar entre diferentes companhias de táxi aéreo e comprar assentos dos voos disponíveis, em um sistema de compartilhamento. O voo é dividido com outras pessoas e fica mais barato do que fretar uma aeronave sozinho. Os helicópteros têm entre três e seis assentos de passageiros e os jatos, entre quatro e sete.

Os destinos mais comuns são Juquehy (praia de São Sebastião, litoral de SP), Angra dos Reis (RJ) e Campos do Jordão (SP).

Em consulta do UOL nesta semana, o aplicativo oferecia um assento em um helicóptero com destino a Juquehy por R$ 1.490 e a Campos do Jordão por R$ 1.940. 

Helicópteros de curta distância e aviões de luxo compõem a frota, que vai também para destinos como Ilhabela (SP), Maresias (SP), Ubatuba (SP), Guarujá (SP), Riviera de São Lourenço (Bertioga, SP) e Paraty (RJ).

Ampliação para outras cidades

Os voos saem de São Paulo pelos helipontos de Campo de Marte e Helicidade, mas o plano é ampliar para todo o Brasil, começando pelo Rio de Janeiro ainda neste ano. Curitiba e Salvador também estão no radar.

O francês Hadrien Royal teve a ideia de criar o aplicativo após se cansar de ficar parado por horas no trajeto de São Paulo a Ilhabela (litoral de SP). Lançado oficialmente em maio após uma fase de testes, conta com mais de 15 mil cadastrados e cerca de 50 voos realizados.

Royal não revela quanto foi investido até agora, mas diz que até o final do ano devem ser aportados no mínimo R$ 2 milhões.

Não é tão caro quanto imaginava, diz passageira

Variado, o público vai dos que já usavam o meio de transporte e buscam melhor custo-benefício àqueles que querem viver a experiência pela primeira vez diante da oferta mais atrativa.

O idealizador diz que quer ampliar os usuários da aviação executiva, mas reconhece que o serviço não é para todos. "São pessoas para as quais tempo é dinheiro, normalmente executivos, na faixa dos 25 aos 40 anos, e que passam a usar em razão da possibilidade de pagar apenas um percentual em vez do valor total de um voo."

É o caso da analista de marketing Angela Ferreira. Ela e o marido alugaram um voo de helicóptero para Juquehy com um casal de amigos em março. A viagem de menos de 30 minutos encantou pela paisagem deslumbrante, atendimento personalizado e, principalmente, rapidez. Um terceiro casal gastou cerca de quatro horas no trajeto de carro.

"Meu marido descobriu a Helo e fui procurar por curiosidade porque imaginava que seria um valor fora do comum. No final, descobri que era mais acessível do que pensava: cada um pagou R$ 1.300", conta Angela.

"Vale o investimento por comodidade, economia de tempo e menor estresse", diz.

Como usar?

O aplicativo está disponível para Android e iOS. Por meio dele, é possível agendar um voo completo -em que o usuário paga todos os assentos- ou compartilhar o custo com mais passageiros, comprar assentos com tarifa fixa de um voo já programado ou agendar um voo exclusivo de acordo com a necessidade do cliente.

A empresa deve investir em pacotes temáticos. No Dia dos Namorados, por exemplo, ofereceu um roteiro na capital paulista que incluiu almoço em Congonhas.

Para efetuar a compra, é preciso se cadastrar e o pagamento é feito por cartão de crédito. É possível dividir em até seis vezes. As viagens são operadas por companhias de táxi aéreo parceiras credenciadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A bagagem é de, no máximo, oito quilos, e os passageiros esperam em um espaço vip.

O site da empresa é http://flyhelo.com.br.

Helicóptero pousa em avenida para socorrer mulher

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos