Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta segunda, 4 de julho

Luiz Gomes

Do UOL, em São Paulo

Mercado Financeiro

A Bolsa de São Paulo fechou o dia em alta de 0,64%, com 52.568,66 pontos. O desempenho foi puxado pela valorização das ações da Vale, Bradesco, Banco do Brasil e CPFL. Essa foi a quinta alta seguida do Ibovespa.

Já o dólar subiu 0,99%, cotado a R$ 3,265. Essa foi a segunda alta seguida. No mês a moeda norte-americana valorizou 1,61%. No ano, já perdeu 17,30%.

Leia mais

 

Programa de privatizações

A equipe de Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, prevê uma arrecadação de R$ 20 bilhões a R$ 30 bilhões com o futuro programa de privatizações e concessões do governo Temer.

O valor arrecadado será usado para ajudar a diminuir o deficit primário em 2017. Com o programa de privatizações, o cálculo é que a União fique no vermelho entre R$ 135 bilhões e R$ 150 bilhões no ano que vem.

Leia mais

 

Grandes empresas, grandes dívidas

A crise financeira que atinge o Brasil também vem impactando fortemente as grandes companhias. Atualmente, 54 das maiores empresas brasileiras têm dívidas muito elevadas, aponta um levantamento da consultoria alemã Roland Berger.

A dívida somada delas chega a R$ 420 bilhões, sendo que as 34 mais endividadas estão em estado "crítico" e concentram 70% dos débitos avaliados. Das 133 maiores empresas analisadas, 77 apontam situação "saudável".

Leia mais

 

O pior ainda está por vir

O presidente interino, Michel Temer (PMDB), disse hoje em um encontro com empresários do agronegócio que o governo dele tomará medidas impopulares "a partir de certo momento".

No evento, Temer não entrou em detalhes sobre quais medidas impopulares serão tomadas e agradeceu o apoio do empresariado. Empresários temem possíveis aumentos de impostos, o que não é descartado pelo Ministério da Fazenda.

Leia mais

 

Brasil, o país da soja

O Brasil vai se tornar até 2025 o maior produtor de soja do mundo. A desvalorização do real e o aumento da produtividade do campo devem ajudar o país a superar os Estados Unidos, de acordo com a FAO, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação.

O relatório aponta que a produção de soja no Brasil deve chegar a 135 milhões de toneladas até 2025. Outros setores que devem crescer é o de algodão, que deve dobrar de tamanho, e o cultivo de seres aquáticos, que vai crescer 40%.

Leia mais

 

Decisão ruim para o PIB

O PIB (Produto Interno Bruto) do Reino Unido vai cair de 1,9% a 4,5% até 2019. Foi o que disse Christine Lagarde, a diretora-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional). A recessão britânica vai ser causada pela decisão em referendo de sair da União Europeia.

A comparação de Lagarde foi feita com números que o país teria se continuasse no bloco europeu. Essa foi a primeira vez que a chefe do FMI falou sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

Leia mais

 

Agenda da semana

Na agenda econômica, a Fipe divulga amanhã o primeiro IPC, Índice de Preços ao Consumidor, do mês de julho. Já a Anfavea mostra os dados de produção de veículos no mês de junho.

No exterior, os Estados Unidos divulgam dados da balança comercial no mês de maio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos