Bolsas

Câmbio

Cachaça 51 terá monopólio da caipirinha nas praias do Rio nas Olimpíadas

Michelle Aisenberg

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Juca Varella/Folhapress

Quem provar uma caipirinha em um quiosque nas praias do Rio durante os Jogos Olímpicos, no próximo mês, só vai ter uma opção: cachaça 51.

A marca assinou contrato de patrocínio de exclusividade com o consórcio que administra o local. A ideia é apresentar o produto aos quase 500 mil visitantes esperados nos 309 quiosques, da Barra da Tijuca a Copacabana.

O valor do contrato não foi divulgado, mas a empresa afirma que ele representa 5% da verba anual de marketing. A estimativa é que 200 mil litros de cachaça sejam consumidos durante o evento.

A empresa não informou o que isso representa em faturamento. No ano todo, a marca prevê faturar R$ 1,5 milhão com vendas nas praias do Rio.

A empresa diz que o maior objetivo é aparecer. "A atenção do mundo estará voltada para o nosso país, uma ótima oportunidade para aumentarmos nossa visibilidade e ainda reforçarmos nossa posição de líder no mercado nacional", afirma Rodrigo Maia, diretor Comercial da Cia Müller de Bebidas, dona da bebida.

A versão servida nas Olimpíadas será a 51 Exportação, ao lado da 51 Ice, nos sabores limão, maracujá, kiwi e frutas vermelhas. 

51 é exportado para 52 países

A 51 é exportada para 52 países, como Estados Unidos, Alemanha, Japão, França, Portugal e Espanha. É responsável por 15% do total da cachaça brasileira vendida no exterior, segundo dados da empresa. Ela busca aumentar a visibilidade internacional, com foco no público jovem das classes A e B.

A ideia, segundo Maia, é usar um dos pontos turísticos mais badalados do Brasil como cenário para que visitantes de diversos países possam provar a Cachaça 51 e descobrir que, além da tradicional caipirinha, há muitos outros drinks que podem ser feitos com ela.

"Qual gringo não vai tirar a clássica foto tomando uma caipirinha no quiosque da praia do Rio de Janeiro para recordação?", pergunta.

Os turistas podem levar garrafas de cachaça na bagagem despachada, tanto quanto brasileiros podem comprar vinhos e uísques no exterior. O limite de garrafas depende de cada país de origem do turista.

Cachaça 100% orgânica é produzida em Pernambuco com energia solar

  •  

Quiosques e drinks temáticos complementam a ação

A Cia Müller planeja ações promocionais para aproveitar a projeção das competições durante os jogos, com quiosques temáticos: Quiosque Cachaça 51 (em frente à Rua Paula Freitas), Quiosque 51 Ice (em frente ao MIS), em Copacabana, e Quiosque Cachaça 51 na Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca.

Também serão servidos drinks com ingredientes típicos nacionais, entre eles, o "Brasileiro", com limão taiti, limão siciliano e rapadura.

A iniciativa de patrocinar eventos de grande porte é uma prática comum entre as empresas de bebidas. Na última edição do Rock in Rio, em setembro do ano passado, a Pepsi fechou contrato exclusivo e se tornou a marca oficial do festival.

Neste ano, a cerveja Amstel foi a patrocinadora oficial do Carnaval de rua de São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos