Saiba como sacar o FGTS e o abono salarial durante a greve dos bancários

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

A greve dos bancários, que começou no dia 6 de setembro, ainda atinge bancos públicos e privados em todo o país, segundo o sindicato nacional da categoria.

Durante a paralisação, quem tem dinheiro para sacar do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) ou do abono salarial encontra mais dificuldades. Veja abaixo quais as opções.

Como sacar o FGTS

O trabalhador pode fazer o saque do FGTS em caixas eletrônicos, lotéricas ou lojas que funcionam como unidades do Caixa Aqui, informou a Caixa Econômica Federal.

O saque do FGTS nesses locais é limitado a R$ 1.500. Para conseguir sacar o dinheiro, é preciso ter o Cartão Cidadão.

Quem quiser sacar mais do que R$ 1.500 deve procurar uma agência da Caixa que não esteja paralisada pela greve. 

Como sacar o abono salarial

O trabalhador de empresa privada pode sacar o dinheiro do abono salarial em caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal, lotéricas ou lojas que funcionam como unidades do Caixa Aqui, segundo o banco. É preciso ter o Cartão Cidadão. Outra opção é procurar uma agência da Caixa que não esteja paralisada por causa da greve.

Já o servidor público que precisa receber o abono só pode fazer o saque nas agências do Banco do Brasil, informou o BB. Portanto, a única saída é procurar uma que esteja funcionando apesar da greve. Quem tem conta no BB tem o dinheiro do abono depositado automaticamente.

O governo prorrogou até o final deste ano o saque do abono salarial referente a 2014, com valor de um salário mínimo (R$ 880). Para parte dos trabalhadores também está disponível o abono referente a 2015 (clique aqui e veja quem já pode fazer o saque).

Como fazer o Cartão Cidadão

Quem não tem o Cartão Cidadão deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal que não esteja paralisada por causa da greve. 

Outra opção é pedir o cartão pelo telefone 0800 726 02 07 (atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 10h às 16h). Ele será enviado para a casa do trabalhador, segundo a Caixa. O banco não soube informar qual o prazo para recebimento. Após receber o cartão, é preciso cadastrar uma senha em uma agência da Caixa ou em uma lotérica.

Só pode fazer o Cartão Cidadão quem está cadastrado no PIS/Pasep, no Número de Inscrição Social (NIS) ou no Número de Inscrição do Trabalhador (NIT). Os dados cadastrais e o endereço devem estar atualizados e válidos junto à Caixa. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos