Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta segunda, 26 de setembro

Do UOL, em São Paulo

Mercado financeiro

A Bolsa fechou em queda de 1,1%, com 58.053,53 pontos. É a segunda baixa seguida da Bovespa. O resultado foi puxado, principalmente, pelo desempenho negativo das ações da Petrobras, da mineradora Vale e dos bancos. As ações da Embraer foram o destaque negativo, com baixa de mais de 3%.

No mercado de câmbio, o dólar fechou praticamente estável, com leve alta de 0,01%, cotado em R$ 3,247.

Leia mais
 


Nova fase da Lava Jato

O ex-ministro Antonio Palocci foi preso na manhã de hoje na 35ª fase da operação Lava Jato. Segundo a Polícia Federal, ele agiu em favor da empreiteira Odebrecht mesmo enquanto não exercia funções públicas.

A Polícia Federal também investiga negociações de Palocci com o empresário Marcelo Odebrecht envolvendo a construção do estádio do Corinthians e o Programa de Desenvolvimento de Submarinos. A defesa do ex-ministro acusou a força-tarefa de agir com autoritarismo e arbitrariedade.

Leia mais



Contra pedaladas

O Ministério das Cidades criou uma norma sobre o financiamento de imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida usando recursos do FGTS para evitar as chamadas pedaladas fiscais.

Nesse tipo de financiamento, 90% do dinheiro vem do FGTS e 10% do Ministério das Cidades (ou seja, da União). Segundo a nova regra, a Caixa deve suspender o financiamento quando acabarem os recursos previstos no Orçamento do ministério destacados para auxiliar no financiamento. A União garantiu que essa norma não vai prejudicar o planejamento e contratação do Minha Casa, Minha Vida.

Leia mais



Gastos no exterior

Os gastos dos brasileiros no exterior somaram US$ 1,29 bilhão em agosto. Isso representa um crescimento de 2,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Os dados são do Banco Central.

Já se forem considerados os oito primeiros meses deste ano, os gastos de brasileiros no exterior somam US$ 9,18 bilhões, uma queda de 28,6% na comparação com o mesmo período de 2015.

Leia mais



Queda da dívida pública

A dívida pública federal em julho ficou em R$ 2,957 trilhões, uma leve queda de 0,07% em relação a junho. O resultado interrompeu dois meses de alta. Os dados foram divulgados pelo Tesouro Nacional.

No Plano Anual de Financiamento, o Tesouro estabeleceu que a dívida pública total em 2016 deve ficar entre R$ 3,1 trilhões e R$ 3,3 trilhões.

Leia mais


Agenda

Na agenda econômica, a Fipe divulga amanhã o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da semana. A pesquisa é feita na cidade de São Paulo com pessoas que ganham de 1 a 20 salários mínimos.

O Banco Central publica o Relatório Trimestral de Inflação no País.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos