Bolsas

Câmbio

Herança da União Soviética, maior avião do mundo pousa em Campinas (SP)

Do UOL, em São Paulo

  • Lucas Lima/UOL

    Antonov An-225 Mriya pousa no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP)

    Antonov An-225 Mriya pousa no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP)

O Antonov An-225 Mriya, maior avião do mundo e único do seu modelo, pousou no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), por volta das 11h05 da manhã desta segunda-feira (14).

O gigante, dedicado ao transporte de cargas de grandes proporções, vai à noite para o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), onde será carregado com um transformador de 155 toneladas que vai tirar uma cidade chilena inteira da escuridão. Segundo o aeroporto, esta será a maior carga já transportada na história da aviação brasileira e a segunda no mundo.

O pouso do Antonov não afeta a operação regular do aeroporto, mas requer cuidados especiais. "Tivemos de redesenhar o pátio, já que a operação de carregamento deve ocupar o espaço de sete aeronaves", disse o comandante Miguel Dau, diretor de Operações da GRU Airport, concessionária do aeroporto que em 2015 passou por obras de alargamento das pistas para receber aviões de grande porte, como o An-225 e o Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo.

Sem a reforma, a única alternativa seria transportar o transformador pelo mar - as estradas dos Andes não comportariam um caminhão grande o suficiente. A operação será transmitida pelo Facebook da concessionária.

Assim como aconteceu quando a Emirates voou de Dubai para Guarulhos com o A380, a chegada do Antonov deve atrair curiosos apaixonados por aviação.

Herança soviética

Durante a Guerra Fria, enquanto os americanos transportavam o Space Challenger num Boeing 747 de 1966 e adaptado pela Nasa, os soviéticos desenvolveram seu próprio gigante para carregar o ônibus espacial Buran pelos ares. Foi aí que, em 1988, surgiu o primeiro e até hoje único exemplar do An-225 Mriya.

Após a queda da União Soviética e o cancelamento do seu programa espacial, o An-225 sucumbiu por anos em um cemitério de aviões na Ucrânia. Só em 2001 um grupo de empresários russos decidiu reformá-lo.

(Com Estadão Conteúdo)

Piloto chinês salva avião com 400 passageiros

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos