PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta sexta, 27 de janeiro

Bruno Soares

Do UOL, em São Paulo

27/01/2017 19h56

Balanço do mercado

Após quatro dias seguidos de alta, a Bovespa fechou o dia em baixa de 0,24%, com 66.033,98 pontos. Apesar da queda nesta sexta, o índice terminou a semana com ganho de 2,34%.

No mercado financeiro, o dólar caiu 0,9%, cotado em R$ 3,152 na venda. Esse é o menor valor da moeda desde 26 de outubro.

Leia mais

 

Alívio na conta de luz

 

A conta de luz de fevereiro não vai ter cobrança de taxa extra, informou a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). A agência decidiu que a bandeira tarifária será a verde.

As bandeiras começaram a ser cobradas em janeiro de 2015 e servem para cobrir o custo mais alto de gerar energia por meio das usinas termelétricas, quando a seca prejudica os reservatórios das hidrelétricas pelo país.

Leia mais

 

PIB deve crescer

 

A economia brasileira deve voltar a crescer no primeiro trimestre de 2017, informa relatório da Fundação Getulio Vargas.

Segundo o documento, o PIB (Produto Interno Bruto) do país deve registrar leve alta de 0,1% entre janeiro e março deste ano em relação ao quarto trimestre de 2016.
Para 2017, a perspectiva também é de leve crescimento: 0,3% em relação ao PIB de 2016 –que ainda não foi divulgado.

Leia mais

 

Maus resultados

A arrecadação do governo federal fechou 2016 em R$ 1,29 trilhão, com queda real de 2,97%. Esse foi o pior resultado desde 2010.

Apenas em dezembro, a arrecadação teve queda de 1,19% sobre novembro, ficando em R$ 127,607 bilhões. O desempenho para o mês foi o mais fraco desde 2009.

Leia mais

 

Prazo adiado

A Receita Federal adiou para 27 de fevereiro o prazo para as empresas entregarem a declaração de Imposto de Renda retido na fonte.

Inicialmente, o prazo terminava em 15 de fevereiro, mas o Fisco precisou mudar a data por causa do atraso na disponibilização dos programa usado pelas empresas para entregar o informe.

Leia mais

 

Agenda

Na segunda-feira, a FGV divulga as prévias do Índice Geral de Preços do mercado. Já o Banco Central anuncia o relatório Focus, que compila a opinião de instituições financeiras sobre os principais índices macroeconômicos.