Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta segunda, 30 de janeiro

Bruno Soares

Do UOL, em São Paulo

Mercado financeiro

A Bovespa fechou em queda de 2,62%, com 64.301,73 pontos. Essa é a maior queda percentual diária desde 1º de dezembro. A queda na sessão foi puxada pelo desempenho negativo das ações da Petrobras, que caíram mais de 5%, dos bancos e da Ambev, que tiveram desvalorização de mais de 2%.

No mercado de câmbio, o dólar caiu 0,77%, cotado em R$ 3,128 na venda. Este é o menor valor da moeda americana desde 25 de outubro.

Leia mais

 

Rombo nas contas públicas

As contas do governo federal tiveram deficit primário de R$ 154,2 bilhões em 2016, segundo o Tesouro Nacional. Este é o pior resultado desde 1997.

O número foi R$ 16,3 bilhões menor do que a meta aprovada pelo Congresso para o ano. 2016 foi o terceiro ano seguido de resultado negativo nas contas do governo federal

Leia mais

 

Otimismo com a inflação

Economistas consultados pelo Banco Central reduziram de 4,71% para 4,7% a previsão para a inflação no final de 2017

A projeção de 4,7% na alta dos preços deixaria a inflação dentro do limite máximo da meta do governo. O objetivo é manter o índice em 4,5% ao ano, com tolerância de 1,5 ponto para mais ou menos.

Leia mais

 

Preços continuam a subir

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado para reajustar o aluguel, teve alta de 0,64% em janeiro. Os dados foram divulgados pela Fundação Getúlio Vargas.

Um dos motivos para a alta foi o aumento dos preços no setor de habitação, que avançou 0,1% depois de um recuo de 0,62% no mês anterior. O índice foi pressionado principalmente pela tarifa de eletricidade residencial.

Leia mais

 

Empresas com dívidas

A crise econômica no país atingiu em cheio os pequenos empreendedores e empresas que aderiram ao Simples.

A Receita Federal divulgou que, entre as companhias que optaram pelo sistema tributário simplificado, 35,4% estão devendo. Ao todo, o grupo tem R$ 49 bilhões em impostos atrasados.

Leia mais

 

Vendas em alta 

As vendas dos supermercados tiveram alta de 1,58% em 2016, informou a Abras, a associação que representa o setor. Em dezembro, as vendas reais subiram 2,23% em relação ao mesmo mês de 2015. Na comparação com novembro, o crescimento real foi de 20,89%.

Leia mais

 

Agenda

Amanhã a FGV divulga um relatório com informações sobre a evolução da atividade da indústria nacional em janeiro. Já a Eurostat anuncia a taxa de desemprego na zona do euro com referência ao mês de dezembro.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos