Bolsas

Câmbio

Petrobras

Itaú é empresa da Bolsa que mais lucrou; Petrobras tem maior prejuízo

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Os bancos Itaú Unibanco e Bradesco são as empresas que registraram os maiores lucros em 2016 entre as empresas com ações negociadas na Bolsa brasileira. A Petrobras, por outro, foi a que teve o maior prejuízo.

No ano passado, o Itaú registrou lucro de R$ 21,6 bilhões, enquanto o Bradesco lucrou R$ 15,1 bilhões. Os dados são da consultoria Economatica e foram divulgados nesta quinta-feira (30).

De acordo com o levantamento, o setor de bancos liderou os ganhos em 2016, mesmo com queda no resultado em relação a 2015. No total, as 23 instituições do setor registraram lucro de R$ 48,6 bilhões em 2016, uma baixa de 13,4% em relação ao registrado no ano anterior (R$ 56 bilhões).

Veja a lista das 10 empresas mais lucrativas em 2016, segundo a Economatica:

  • Itaú Unibanco: R$ 21,6 bilhões
  • Bradesco: R$ 15,1 bilhões
  • Vale: R$ 13,3 bilhões
  • Ambev: R$ 12,5 bilhões
  • Banco do Brasil: R$ 8 bilhões
  • Santander: R$ 5,5 bilhões
  • CTEEP: R$ 4,9 bilhões
  • Telefônica Brasil: R$ 4,1 bilhões
  • BBSeguridade: R$ 4 bilhões
  • Cielo: R$ 4 bilhões

Petrobras tem maior prejuízo

Na lista dos maiores prejuízos de 2016, o setor de construção foi o maior destaque.

Com 18 empresas, o setor registrou prejuízo de R$ 7,8 bilhões no ano de 2016, resultado afetado pelo desempenho da PDG, com prejuízo de R$ 5,3 bilhões em 2016. No ano de 2015 o setor havia registrado prejuízo de R$ 1,7 bilhão.

A liderança entre as empresas, no entanto, ficou com a Petrobras, com prejuízo de R$ 14,8 bilhões. Em 2015, a Petrobras havia registrado um resultado ainda pior: prejuízo de R$ 34,8 bilhões. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos