Bolsas

Câmbio

Reforma trabalhista

"Independente do presidente, queremos as reformas", diz líder da construção

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

Não importa quem seja o presidente, mas o país precisa que as reformas trabalhista e da Previdência sejam aprovadas. Quem defende a tese é o presidente da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), José Carlos Rodrigues Martins. 

"Independentemente [do presidente], o mais importante para o nosso setor, para a sobrevivência mesmo, é o aspecto da continuidade das reformas [...] O Brasil não pode parar", disse nesta nesta quinta-feira (25), após reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Ele também declarou que, sem definições sobre o futuro, o país não conseguirá atrair investimentos.

"Ninguém investe sem ter uma ideia do futuro. O problema é a reforma. Esse é o ponto que queremos transmitir", declarou, 

José Carlos Martins ressaltou que a entidade não trata de "assuntos políticos", mas defendeu a continuidade das reformas propostas pelo Planalto, como a da Previdência, trabalhista e do ensino médio.

Segundo Martins, Temer era esperado para abrir o encontro anual da entidade, que comemora 60 anos de existência, nesta quarta-feira (24) à noite. Entretanto, devido à manifestação na Esplanada dos Ministérios e à crise política, não pôde comparecer ao evento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos