Bolsas

Câmbio

PF faz operação contra fraudes na Previdência em Minas Gerais

Do UOL, em São Paulo

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta segunda-feira (12) a Operação Constrição para desarticular uma organização que fraudava benefícios previdenciários em Minas Gerais. A estimativa é que o prejuízo com as fraudes ultrapasse R$ 902 mil.

A operação cumpre 22 mandados judiciais: dois mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária, sete mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é levada a depor) e 12 mandados de busca e apreensão. 

Segundo a PF, as investigações apontaram que a organização criminosa atuava na concessão de benefícios previdenciários fraudulentos, especialmente aposentadorias por idade, com participação de servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), em troca de obtenção de vantagem indevida. 

A ação, feita em conjunto com a Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, envolveu 61 policiais federais e seis servidores da inteligência previdenciária da secretaria.

Os investigados serão indiciados por estelionato, falsidade ideológica, organização criminosa e inserção de dados falsos em sistemas de informações. Somadas, cumulativamente, as penas máximas aplicadas aos crimes ultrapassam 30 anos, de acordo com a PF. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos