Bolsas

Câmbio

Latam começa a cobrar por mala despachada em voo neste sábado

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

A companhia aérea Latam começa neste sábado (24) a cobrar pela bagagem despachada em voos dentro do Brasil, com valores a partir de R$ 30. Segundo a empresa, a implementação do serviço será feita de forma gradual.

A mudança faz parte da nova política tarifária da empresa que já começou a ser implementada nos demais países que a companhia atua, como Colômbia, Peru, Chile e Argentina.

Voos nacionais terão quatro perfis de tarifas

A Latam terá quatro perfis de tarifas nos voos nacionais: Promo, Light, Plus e Top. As faixas de preço de cada perfil de tarifa irão variar de acordo com os pacotes de benefícios que oferecem, como despacho de bagagem, acúmulo de pontos no programa Latam Fidelidade, reserva antecipada de assento, Espaço+ e remarcação ou reembolso do bilhete.

A cobrança de bagagem será feita nas tarifas Promo e Light, as mais baratas da empresa. Ao adquirir o despacho no momento da compra da passagem, o valor cobrado será de R$ 30. Se adquirir o serviço após efetivar a compra, o valor sobe para R$ 50 e chega a R$ 80 para pagamento no momento do check-in.

Para os voos internacionais da Latam para os Estados Unidos e Europa, a companhia reduziu o limite de transporte de bagagem de duas malas de 32 kg para duas malas de 23. As novas regras já estão em vigor desde o dia 18 de maio.

Regras para quem vem de outra empresa

No caso de clientes de outras companhias aéreas que voarem em aviões da Latam, no chamado regime de codeshare, o que vale é a regra da empresa que emitiu o bilhete.

Os passageiros que utilizam um voo nacional como conexão para um voo internacional (por exemplo, Florianópolis – São Paulo – Paris) não pagam pelo despacho, se todos os trechos da passagem foram comprados de uma vez e na mesma reserva. Isso acontece porque a cobrança é só para voos nacionais. Nesse caso citado, é considerado voo internacional (o deslocamento interno é só uma parte do voo para o estrangeiro).

Comida a bordo

Na semana passada, a Latam anunciou que vai começar a venda de alimentação a bordo nos voos nacionais a partir do final de junho, com preços entre R$ 4 e R$ 30. Com a implementação do serviço, somente a água passará a ser oferecida gratuitamente aos passageiros.

A data de início da venda não foi anunciada.

Outras empresas

A Azul foi a primeira companhia aérea brasileira a iniciar a cobrança pelo despacho de bagagem em voos nacionais. A medida entrou em vigor no dia 1º de junho. A medida vale, inicialmente, para 14 destinos a partir do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A intenção da empresa é ampliar, gradativamente, a cobrança para todos os voos.

A companhia criou nova classe tarifária para os voos nacionais, chamada de Azul, mas que não dá o direito ao despacho de bagagem. O passageiro poderá viajara somente com uma mala de mão de até 10 kg. Para levar uma mala de até 23 kg, será cobrado o valor de R$ 30.

Na Gol, a cobrança começou para as passagens vendidas a partir do dia 20 de junho. A cobrança vale para os passageiros que adquirirem as passagens mais baratas da companhia, chamadas de "light". Passagens mais caras dão direito a bagagem grátis.

Nos voos nacionais da Gol, o valor da primeira mala de até 23 kg é de R$ 30 para quem comprar o serviço de despacho nos canais de autoatendimento da empresa ou em agência de viagens e R$ 60 para quem efetuar o pagamento somente no momento do check-in.

Nas viagens internacionais, os valores são de US$ 10 para os canais de autoatendimento da empresa ou em agência de viagens e US$ 20 no momento do check-in.

A Avianca ainda não definiu as regras e disse que avalia internamente quais medidas serão adotadas no futuro.

Correção: Diferentemente do que foi informado na versão original deste texto, a Latam não vai iniciar a venda de alimentação a bordo nos voos nacionais no próximo sábado (24). A empresa anunciou que começará a cobrança de bagagem, mas ainda não informou quando iniciará os serviços de venda de alimentação a bordo. A informação foi corrigida. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos