Bolsas

Câmbio

Ministério encontra defeitos em mais da metade dos imóveis do 'Minha Casa'

Do UOL, em São Paulo

Infiltrações, trincados e vazamentos. Mais da metade (56,4%) dos imóveis do programa "Minha Casa, Minha Vida" tinham defeitos de construção, segundo um levantamento do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União. O estudo foi feito em 2015, mas só foi divulgado nesta quarta-feira (16).

Do lado de fora dos imóveis, a proporção de problemas registrados foi menor: menos de 20% dos moradores informaram situações de alagamento, falta de iluminação ou de asfalto.

O estudo avaliou 1.472 imóveis em 12 Estados: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. Foram avaliadas unidades das faixas 2 e 3 do programa, financiadas pela Caixa Econômica Federal com recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

A lista dos imóveis avaliados pode ser consultada no site do ministério.

Moradores satisfeitos

Apesar das falhas encontradas, os moradores se mostraram satisfeitos com a casa própria, segundo o ministério. Dos entrevistados, 33,1% disseram ter um nível de satisfação alto e 47,2%, médio.

Isso pode estar relacionado, segundo o estudo, com a prestação de assistência e reparo pela Caixa e pelas construtoras dentro do prazo de garantia, que pode ser de até cinco anos.

Caixa teve atendimento 'satisfatório'

O ministério conclui que os procedimentos da Caixa no programa "Minha Casa" nos aspectos técnicos, jurídicos e financeiros foram "satisfatórios".

Com relação aos problemas de construção, o órgão recomendou a criação de painéis para observar e avaliar periodicamente as construtoras com maior número de problemas, os tipos de defeitos comuns nas unidades habitacionais, as principais situações causadoras de atrasos nas obras e os locais com maior número de falhas.

Casa transportável fica pronta em 10 dias

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos