Bolsas

Câmbio

Números da economia mostram independência da crise política, diz Meirelles

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta terça-feira (12) que o debate político no país é "absolutamente legítimo" e os dados econômicos mostram ser independentes da crise, intensificada a partir da delação de executivos da JBS ao Ministério Público Federal.

Segundo ele, não se pode ficar preso "a demais questões ou opiniões" ao analisar o futuro econômico do Brasil. A declaração foi dada após evento no Palácio do Planalto promovido pelo presidente da República, Michel Temer (PMDB), junto a outros ministros, empresários e representantes sindicais.

"Uma das coisas que aprendi na minha longa vida profissional é que, quando se vai trabalhar com perspectiva econômica ou com a evolução da economia, o importante é ver o que os números estão dizendo, não ficar presos a demais questões ou opiniões [...] Isto fala por si. Acho que é muito importante, como mensagem, que não adianta lutar contra os números. Os números mostram que o país está trabalhando, crescendo e as instituições estão funcionando", afirmou.

"O debate político é absolutamente legítimo e todo o mais faz parte do funcionamento das instituições brasileiras, dentro da Constituição", acrescentou.

Como exemplo, citou a aprovação da reforma trabalhista e o trabalho feito pelo governo e o Congresso Nacional para tentar chegar a um consenso quanto ao Refis, programa de renegociação de dívidas de empresas com a Receita Federal.

Ele ainda disse que é necessário aprovar a reforma da Previdência, parada desde maio na Câmara, para diminuir o rombo nas contas públicas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos