ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Pedido cancelado, desconto falso: o que deu errado na última Black Friday

Getty Images/iStockphoto/gerenme
Imagem: Getty Images/iStockphoto/gerenme

Do UOL, em São Paulo

20/11/2017 04h00

A Black Friday deste ano acontece na próxima sexta-feira (24) com promessas de grandes descontos para o consumidor. Apesar de a data ser tão aguardada por quem quer aproveitar as promoções, nem sempre a compra é concluída como esperado.

No ano passado, por exemplo, a principal reclamação recebida pelo Procon-SP foi de pedido cancelado sem justificativa da empresa. Em seguida, vieram os casos de produtos ou serviços anunciados com desconto, mas que, na hora H, apareciam como indisponíveis para o consumidor. 

Leia também:

Veja as principais reclamações da Black Friday em 2016:

  1. Pedido cancelado sem justificativa
  2. Produto/serviço anunciado como indisponível
  3. Mudança de preço ao finalizar a compra
  4. Maquiagem do desconto (no preço do produto ou valor do frete)
  5. Site intermitente, congestionado ou página bloqueada
  6. Site não permite pagamento via boleto bancário ou débito em conta

Fonte: Procon-SP

"Deu ruim"? Saiba como reclamar

Quem enfrentar situações como as listadas acima deve procurar a própria empresa em busca de uma solução ou reclamar em um órgão de defesa do consumidor. O Procon-SP, por exemplo, fará plantão de monitoramento e orientação entre as 19h de quinta (23) e as 22h de sexta-feira (24). Os consumidores também podem fazer suas queixas em sites como o Reclame Aqui.

Guarde suas provas

Se tiver problemas durante as compras, a dica é registrar tudo --por exemplo, tirando fotos da tela do computador com o nome da loja, a data e o horário. Isso pode ajudar a comprovar a irregularidade na hora da reclamação.

Quem finalizou o pedido também deve guardar os comprovantes de pagamento e de compra concluída para se prevenir de possíveis falhas das empresas.

Como evitar 7 erros na Black Friday

UOL Notícias

Mais Economia