Bolsas

Câmbio

Juros

Senado deve criar CPI para investigar juros abusivos do cartão de crédito

Do UOL, em São Paulo

O Senado deve instalar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar os juros cobrados pelas operadoras de cartão de crédito. O pedido foi feito pelo senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), com a assinatura de mais 35 senadores, e lido em plenário nesta semana pelo presidente da Casa, Eunício Oliveira.

Segundo a última pesquisa divulgada pelo Banco Central, os juros do rotativo do cartão de crédito ficaram em 327,9% ao ano, em média, em janeiro. 

Leia também:

O autor do requerimento diz que esse é o único caminho para acabar com a cobrança abusiva. A intenção, segundo ele, é convocar diretores de bancos para esclarecer a situação --entre eles Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central.

O senador Zeze Perrella (PMDB-MG) propõe que os juros do cartão não ultrapassem 2,5 vezes a Selic (taxa básica de juros). No mês passado, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central decidiu cortar a taxa de juros em 0,25 ponto percentual, de 7% para 6,75% ao ano

O senador Elber Batalha (PSB-SE) concordou com a necessidade de uma CPI. "Esses juros extremamente altos são uma das causas do endividamento do brasileiro".

Após a publicação no Diário Oficial, a CPI será criada e os líderes partidários terão de indicar os integrantes do colegiado. A CPI deve ser composta por sete integrantes titulares e sete suplentes e a previsão é de que os trabalhos sejam concluídos em seis meses. 

(Com Agência Senado) 

Como cobrar dívida de um amigo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos