Bolsas

Câmbio

Bilionários

Mulher mais rica de Hong Kong perde metade da fortuna em menos de 2 meses

Do UOL, em São Paulo*

  • Reprodução/CelebFamily

Em menos de dois meses, a empresária Pollyanna Chu, a mulher mais rica de Hong Kong, viu sua fortuna cair pela metade, após as ações de sua empresa despencarem na Bolsa de Valores local.

Em janeiro, o patrimônio da bilionária era avaliado em quase US$ 12 bilhões (cerca de R$ 39,4 bilhões). Nesta segunda-feira (19), somava pouco mais de US$ 6 bilhões (R$ 19,7 bilhões), segundo informações da agência de notícias Bloomberg.

Leia também:

Chu é dona da Kingston Financial Group, que opera cassinos em Macau, entre outros negócios. As ações da companhia registram perdas de 50% desde 29 de janeiro e têm o pior desempenho deste ano no índice MSCI, que reúne papéis da região da Ásia e do Pacífico, com exceção do Japão.

Os papéis começaram a cair porque o órgão regulador do mercado em Hong Kong alertou investidores sobre uma concentração excessiva de ações nas mãos de poucas pessoas. Além disso, em uma análise sobre a empresa, o investidor-ativista David Webb afirmou que a companhia depende muito de empréstimos sem garantias fornecidos a baixo custo por Chu e sua família para se financiar.

(*Com informações da Bloomberg)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos