Bolsas

Câmbio

Juros

Economistas sobem a previsão para o PIB e reduzem a de inflação para 2018

Do UOL, em São Paulo

Economistas consultados pelo Banco Central subiram a previsão para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e reduziram a estimativa de inflação no final deste ano. Eles passaram a prever alta de 2,89% na economia e inflação de 3,57%.

Veja as previsões do Boletim Focus para 2018, divulgadas nesta segunda-feira (26) pelo BC:

  • PIB: subiu de 2,83% para 2,89%;
  • Inflação: caiu de 3,63% para 3,57%;
  • Taxa de juros: foi mantida em 6,5%;
  • Dólar: foi mantido em R$ 3,30.

Taxa de juros

Segundo o BC, dentre os economistas que mais acertam as previsões, a projeção é de que a Selic, a taxa básica de juros, caia para 6,25% no fim de 2018. Antes, eles previam juros de 6,5%.

O Copom (Comitê de Política Monetária) decidiu na semana passada cortar a taxa básica de juros pela 12ª vez seguida, para 6,5% ao ano, ao menor nível da história. 

A inflação baixa é o que mantém abertas as apostas de mais cortes dos juros. Em 12 meses, a prévia da inflação oficial, divulgada na semana passada, é de 2,8%, abaixo do limite mínimo da meta do governo. O objetivo é manter a inflação em 4,5%, com tolerância de 1,5 pontos para mais ou para menos. Ou seja, podendo variar entre 3 e 6%. 

O que o PIB tem a ver com a sua vida?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos