Bolsas

Câmbio

Bilionários

Zuckerberg ganhou US$ 3 bi enquanto falava ao Congresso dos EUA

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    O chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, durante depoimento ao Congresso dos EUA

    O chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, durante depoimento ao Congresso dos EUA

Em dois dias de depoimento ao Congresso dos Estados Unidos, o presidente-executivo e cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, viu sua fortuna aumentar cerca de US$ 3 bilhões (R$ 10,2 bilhões), segundo o site de notícias "CNN Money".

Entre a manhã de terça-feira (10), primeiro dia em que Zuckerberg falou aos parlamentares, e o fechamento da Bolsa de Valores na quarta-feira (11), as ações da rede social subiram mais de 5%. Zuckerberg detém 401,4 milhões de ações da empresa. Com isso, sua fortuna chegou a US$ 66 bilhões (R$ 224,9 bilhões). 

Nesta quinta-feira (12), porém, as ações do Facebook fecharam em queda de 1,47% --o que fez a fortuna de Zuckerberg encolher um pouco.

Vazamento de dados derrubou ações

Apesar da reação durante o depoimento de Zuckerberg ao Congresso dos EUA, as ações do Facebook vêm caindo desde a revelação do roubo de dados de milhões de usuários da rede social por uma consultoria política, no final de março.

Nos dois primeiros dias após a notícia, as ações despencaram quase 10%, levando a empresa a perder quase US$ 50 bilhões (R$ 170,4 bi) em valor de mercado. No ano, os papéis do Facebook acumulam queda de 7%, o pior desempenho entre as gigantes de tecnologia.

Cofundador do Facebook depõe no Congresso dos EUA

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos