ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Mídia e Marketing

RedeTV! investe R$ 35 mi para entrar na produção de conteúdo de youtubers

Simon Plestenjak/UOL
Marcelo de Carvalho é vice-presidente da RedeTV! Imagem: Simon Plestenjak/UOL

Claudia Andrade

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/07/2018 04h00

A RedeTV! está investindo R$ 35 milhões em estúdios, equipamentos e desenvolvimento de software de uma nova empresa criada para produzir e comercializar conteúdos digitais -a Peanuts. O principal foco são os influenciadores digitais. A ideia é produzir os vídeos de youtubers e até divulgar esse conteúdo na TV aberta, não só na internet.

A emissora vai oferecer equipe e estrutura. Segundo Ricardo de Barros, coordenador de operação da nova companhia, a TV vai dar mais visibilidade aos youtubers.

"O que é interessante para a galera que vem para gente, os iniciantes, os médios e os grandes? É que temos uma emissora para divulgar. A força de uma empresa que produz conteúdo tendo uma empresa de televisão no apoio, faz com que transitemos em diversas áreas e classes sociais e idades diferentes. E se algumas coisas forem muito bem, elas podem vir para TV também, e não necessariamente ser o conteúdo feito no canal", afirmou.

Os contratados da emissora também serão contemplados no projeto. Novos canais podem ser criados para seus artistas no YouTube. O objetivo é ter cem nomes no portfólio da nova companhia até o fim do ano que vem.

A Peanuts já foi criada, mas a estrutura para abrigar estúdios exclusivos para os produtos digitais ainda está sendo montada na sede do canal, em Osasco, região metropolitana de São Paulo. A Peanuts também tem equipe exclusiva, inclusive para a área comercial, que vai cuidar, entre outras coisas, da contratação de influenciadores digitais.

Entubados em setembro

O vice-presidente da RedeTV!, Marcelo de Carvalho, anunciou como primeiro produto de impacto da nova empresa o Entubados, reality show com celebridades digitais que teve a primeira e a segunda temporadas exibidas pela Sony.

A partir de setembro, o programa será exibido pela RedeTV! e no YouTube, por meio da Peanuts. “Acabamos de fechar com a Formata (produtora de conteúdo audiovisual) o reality show Entubados. São oito youtubers que disputam entre si provas inusitadas em uma casa, numa espécie de Big Brother de youtubers”.

"A cada dia, a cada semana, veremos novos influenciadores sendo contratados e novos programas, novos canais de YouTube sendo exibidos", afirmou o vice-presidente da RedeTV!.

Exposição de marcas na internet

"Acreditamos que, num modelo de negócio extremamente difícil, que é o negócio de televisão aberta no Brasil, isso é realmente um mundo novo, onde não há líderes. Os líderes são os jovens que se abastecem disso e que ainda, felizmente, não têm nenhum hábito de consumo. O que você oferecer de novo, de diferente, de arrojado, eles vão pegar. Isso é uma grande oportunidade comercial também, porque cada vez mais, as marcas e os produtos veem a sua exposição no online como um grande caminho comercial", declarou Carvalho.

“Nós já tínhamos um portal extremamente bem-sucedido, grande parceiro do UOL. Nós já tínhamos canais de Facebook, alguma coisa de YouTube. A grande novidade é que nós consolidamos todos esses ativos digitais numa empresa independente que, obviamente, se abastece do know-how da RedeTV, mas que tem de existir por si só. Essa empresa cria, produz, gerencia, distribui conteúdos online através das mais diversas plataformas, como por exemplo Facebook, Instagram, YouTube, dentre outros”, disse Carvalho.

Ajudando youtubers a gerenciar carreira

"Não existe uma empresa do tamanho que estamos montando. Existem produtoras de conteúdo boas no mercado, mas com essa capacidade e uma emissora na mão, não vejo ninguém. Muitas produtoras de conteúdo já têm o seu casting. Queremos fazer isso usando a força da televisão", afirmou Ricardo de Barros.

O coordenador da Peanuts diz que a empresa chega para ajudar os youtubers a lidar com o desafio de gerenciar a carreira, o que envolve a produção e publicação de conteúdos em várias plataformas, além da administração de atividades comerciais. “O grande problema é acompanhar. E quando começa a ter a parte comercial, a pessoa tem que ir para uma reunião, também tem que gravar, e acaba não conseguindo. Então, às vezes cai a qualidade do que está sendo feito, e ela não consegue entregar”.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Mídia e Marketing