IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Consulta a extrato do INSS só será feita com agendamento ou pela internet

Do UOL, em São Paulo

2018-07-16T04:00:00

16/07/2018 04h00

A partir desta segunda-feira (16), quem quiser consultar no INSS o extrato previdenciário, também conhecido como CNIS, para ver dados de trabalho e contribuições, terá que agendar primeiro o atendimento pelo telefone 135 ou pelo canal Meu INSS (site e aplicativo para celulares).

Além do extrato, outros serviços terão de ser agendados por quem prefere o atendimento direto nas agências: 

  • consulta a histórico de crédito de benefício 
  • consulta a carta de concessão
  • consulta a extrato de empréstimo consignado
  • consulta a extrato de Imposto de Renda
  • consulta a declaração de benefício – consta/nada consta

As consultas também podem ser feitas diretamente pela internet no Meu INSS, mas é preciso ter cadastro e senha (veja mais abaixo como fazer isso). Para utilizar a ferramenta somente para agendar o atendimento na agência, o cadastro não é necessário, segundo o instituto. 

Leia também:

O objetivo do agendamento prévio é agilizar o atendimento nas agências e reduzir o tempo de espera, segundo o INSS. 

Quem comparecer à agência para solicitar um dos serviços será orientado a fazer o agendamento e receberá a senha do Meu INSS para que possa acessar o serviço pela internet, se preferir, ou agendar o atendimento em uma agência.

De acordo com o INSS, os bancos Bradesco, Caixa Econômica Federal e Itaú Unibanco também disponibilizam a consulta ao extrato previdenciário para seus clientes. 

Outros serviços 

Desde o dia 24 de maio, outros serviços, como mudança da agência de relacionamento e mudança do meio de pagamento, também passaram a ser atendidos com agendamento prévio. Veja quais são aqui

Cadastro no Meu INSS

Para fazer o cadastro no Meu INSS, o instituto recomenda ter em mãos documentos e a carteira de trabalho. Algumas perguntas são feitas para conferir a identidade do usuário, como data de recebimento do benefício ou de realização de contribuições, nomes de empresas onde trabalhou e valores recebidos.

"Se errar mais de uma pergunta, o segurado pode aguardar 24 horas para tentar novamente ou ligar para o 135 e, em último caso, ir à agência do INSS. O cadastro pode ser realizado inteiramente pela internet", informa o instituto.

O atendimento pelo telefone 135 funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h. A ligação é gratuita de telefone fixo ou público e tem o preço de ligação local pelo celular.

Recebemos um salário de fome, diz aposentado

UOL Notícias

Mais Economia