ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Marca de bike faz 120 anos e lança edição especial da Caloi 10 por R$ 5.500

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/09/2018 04h00

Em comemoração aos 120 anos da marca, a Caloi lançou neste mês a Caloi 10, uma edição comemorativa, limitada e numerada. Custa R$ 5.499. Foram feitas apenas 120 unidades.

Vendida em 2013 para o grupo canadense Dorel, a empresa teve, ao longo de sua história, algumas bicicletas que ficaram na memória do brasileiro, como Caloi 10, Ceci, Caloi Cross e Mountain Bike. Outro destaque foi a campanha publicitária "Não esqueça da minha Caloi", lançada em 1978 (veja abaixo).

De acordo com a empresa, o modelo comemorativo é uma releitura clássica da Caloi 10, lançada em 1972, sendo que "cada detalhe remete à bicicleta daquela época". O quadro foi pintado na cor azul petróleo com detalhes em marrom (como o selim e o guidão), "tom que ditava moda nos anos 70", segundo a empresa.

Relembre alguns modelos de bicicleta da Caloi (veja imagens no álbum acima):

  • Anos 1960: Berlineta (com bagageiro traseiro);
  • Anos 1970: Caloi 10 (a primeira com dez marchas) e Ceci (desenvolvida especialmente para as mulheres, com quadro rebaixado e cestinha na frente);
  • Anos 1980: Caloi Cross Extra Light (inspirada no filme “E.T. - O Extraterrestre”) e Mountain Bike (para a prática de esporte);
  • Anos 1990: Caloi 100 (comemorativa aos 100 anos da marca);
  • Anos 2000: Elite Carbon (modelo de carbono projetada para competições).

No início, importava bicicletas da Europa

Quando a Casa Luiz Caloi foi criada, em 1898, pelo italiano Luigi Caloi, em São Paulo, a empresa não fabricava bicicletas, mas as importava do mercado europeu.

O início da produção nacional se deu por causa da Segunda Guerra Mundial, com a dificuldade de importar peças para montar as bicicletas aqui. Em 1945, foi inaugurada a primeira fábrica da empresa, em São Paulo, no bairro do Brooklin. Foi a primeira fábrica de bicicletas do Brasil, segundo a empresa.

Em 1999, a Caloi foi vendida para a família Musa e, em 2013, para a empresa Dorel. Após a venda para o grupo canadense, passou a comercializar a marca Schwinn no Brasil.

Fabricantes hoje estão em Manaus

De acordo com a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), existem no país mais de 70 milhões de bicicletas. O Brasil é o quarto maior fabricante mundial: produz 2,5 milhões de unidades por ano (excluídas as bicicletas infantis, classificadas como brinquedos).

Entre as quatro fabricantes associadas à Abraciclo, a produção de bicicletas cresceu 31,7% de junho para julho (de 50.929 para 67.068 unidades). Elas estão instaladas no Polo Industrial de Manaus e são responsáveis pela produção para dez marcas, entre elas a Caloi.

De acordo com a Abraciclo, a expansão da produção atende o “crescimento contínuo da demanda pelo produto em cidades de médio e grande portes do país, onde a opção pela bicicleta para prática de esporte e lazer tem se tornado cada vez mais comum”, além dos deslocamentos urbanos do dia a dia.

Relembre a campanha "Não esqueça da minha Caloi"

UOL Notícias

Mais Economia