IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Caixa venderá ação de suas empresas na Bolsa para pagar R$ 40 bi ao governo

Adriano Machado/Reuters
Imagem: Adriano Machado/Reuters

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

07/01/2019 12h41

O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta segunda-feira (7) que o banco público possui uma dívida de R$ 40 bilhões com o governo federal, sem prazo para pagamento. Ele disse que pagará esse montante nos próximos quatro anos. 

"Isso não é justo (dívida sem prazo). Todos temos prazos para pagar, e esses R$ 40 bilhões serão pagos", disse. "É uma determinação do meu chefe, o ministro da Economia e temos várias maneiras [de fazer o pagamento]. Uma delas é abrir o capital de empresas que são controladas pela Caixa. A princípio, as operações de cartões, seguros, 'asset' [ativos] e loterias", disse. 

Abrir o capital significa vender ações da empresa na Bolsa de Valores. Com a operação, a companhia passa a ter outros investidores como sócios, além do Estado. 

Guimarães declarou que as medidas estão adiantadas e duas ou três operações de abertura de capital serão realizadas ainda em 2019. Seguridade, cartões e loterias são as que devem ser ofertadas ao mercado.

"A de loterias, temos a empresa pronta. A que vai demorar mais é a de 'asset'. Temos que criar uma DTVM (Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários)",  afirmou.

Guimarães tomou posse nesta segunda-feira (7), em cerimônia com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente da República, Jair Bolsonaro. 

Economia