Topo

Reforma da Previdência


Sem dar fonte, Guedes diz que oposição à reforma usou R$ 100 mi em anúncios

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

2019-05-08T15:50:12

08/05/2019 15h50

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje que pessoas contrárias à reforma da Previdência já gastaram R$ 100 milhões em propaganda na televisão para atacar a proposta. Guedes não explicou quem são essas pessoas nem qual a fonte do número citado.

Para defender a reforma, o governo gastará R$ 40 milhões em uma campanha publicitária em rádio, televisão, jornais e internet. O valor inclui ações de merchandising, nas quais o próprio apresentador do programa explica como funciona o produto ou serviço que está sendo oferecido.

Guedes participa hoje de audiência pública na comissão especial da reforma na Câmara dos Deputados.

Segundo ele, atualmente é feita uma mistura entre Previdência e assistência social no sistema previdenciário. "Os mais favorecidos se escondem atrás da assistência social. São os que pagam propagandas contra a reforma, usam a assistência social como um escudo", afirmou.

O ministro afirmou que o regime previdenciário vigente no país está condenado à falência.

Entenda a proposta de reforma da Previdência em 10 pontos

UOL Notícias

Mais Reforma da Previdência