Topo

Suspensos, 51 planos de saúde de 11 operadoras deixam de ser vendidos

Do UOL, em São Paulo

14/06/2019 19h30

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) decidiu suspender temporariamente a venda de 51 planos de saúde de 11 operadoras por causa de reclamações dos clientes. A suspensão começou a valer nesta sexta-feira, 14 de junho.

A lista com todos os planos suspensos pode ser vista no site da ANS.

Nada muda para quem já é cliente

Os planos de saúde suspensos têm, juntos, 600 mil clientes. Para quem já é cliente, nada muda.

O objetivo é evitar que as operadoras vendam seus produtos a novos clientes antes de resolver os atuais problemas.

Se melhorarem o serviço prestado e tiverem redução do número de reclamações, as operadoras poderão ter a comercialização liberada daqui a três meses, de acordo com a ANS.

De volta ao mercado

Paralelamente, dez operadoras poderão voltar a comercializar, a partir de 14 de junho, 27 planos que estavam impedidos de serem vendidos. De acordo com a agência, isso acontece quando há melhoria comprovada no atendimento aos clientes.

Seu celular pode salvar sua vida: veja como configurar a ficha médica

UOL Notícias

Mais Economia