IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Reforma da Previdência


Senado decide se vota hoje inclusão de estados e municípios na Previdência

Sessão da CCJ do Senado na qual foi aprovada a reforma da Previdência - GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO
Sessão da CCJ do Senado na qual foi aprovada a reforma da Previdência Imagem: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

06/11/2019 12h33

O governo tenta agilizar a discussão da chamada PEC paralela, que inclui estados e municípios na reforma da Previdência, e votar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) ainda hoje no plenário da Casa.

A decisão será tomada em reunião de líderes a ser conduzida pelo presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP) logo após os trabalhos da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), nesta tarde. Os parlamentares debatem neste momento a possibilidade de mudanças no texto.

Antes da CCJ, líderes participaram de um encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes, na residência oficial da Presidência do Senado. Durante o compromisso, foi decidido que os parlamentares votariam ma CCJ quatro destaques, que são propostas de mudança no projeto.

O acordo é importante para acelerar a tramitação. Quanto mais destaques, mais tempo o Parlamento leva para deliberar.

Após o resultado da comissão, segundo informou o líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), a ideia é que Alcolumbre se junte aos líderes para decidir se a PEC será apreciada em plenário ainda hoje.

Se houver acordo, a votação ocorreria em primeiro turno. PECs precisam passar por dois turnos em plenário, com o aval de 49 senadores, que representam três quintos do total (81). Se não houver acordo, a matéria só irá ao plenário na semana que vem.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Entenda a proposta de reforma da Previdência em 10 pontos

UOL Notícias

Reforma da Previdência