PUBLICIDADE
IPCA
0,21 Jan.2020
Topo

Corona Beer: nome de cerveja mexicana gera confusão com novo coronavírus

Garrafas da cerveja mexicana Corona Beer - Edgard Garrido/Reuters
Garrafas da cerveja mexicana Corona Beer Imagem: Edgard Garrido/Reuters

Do UOL, em São Paulo

29/01/2020 11h52Atualizada em 01/02/2020 11h47

A cerveja mexicana Corona Beer entrou na lista de termos mais procurados no buscador do Google. Mas o motivo não é bom. Internautas estão associando erroneamente a bebida ao novo coronavírus, que já matou 132 pessoas na China.

Por ter o mesmo nome que o vírus, os internautas estão associando um assuntou ao outro em sua buscas online. A cerveja nada tem a ver com a causa ou transmissão da doença.

Buscas com as palavras em inglês "corona beer (cerveja) vírus", "vírus beer" e "beer coronavirus" aumentaram consideravelmente nos últimos dias, segundo dados do Google Trends, do Google.

Do dia 18 para o dia 26 de janeiro, as buscas pelos termos "corona beer vírus" subiram 2.300% em todo o mundo. No caso das palavras "beer coronavirus", o aumento foi considerável: 3.233%.

De acordo com um monitoramento feito pela Sprinklr, plataforma de gestão de canais digitais, o número de menções à marca no Twitter não costumava passar de 500 por dia. No dia 22 de janeiro, houve um pico de 2.3 mil menções. Até hoje (29), o número de menções à cerveja passou de 13 mil.

O número de mortos pelo novo coronavírus na China chegou a 132, segundo informe divulgado na noite de hoje pelo governo chinês. De acordo com o boletim, 5.974 já foram infectadas, a maioria na província de Hubei, onde fica Wuhan, epicentro do surto.

O número de infectados, por sua vez, saltou 32% —no último balanço, eram 4.515 registros da infecção.

Além da China, 14 países já registraram casos de pneumonia pelo novo coronavírus. Em três deles (Alemanha, Japão e Vietnã), foram notificados registros em pessoas que não estiveram na China, o que indica transmissão local também fora do país asiático.

Economia