PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Privatização dos Correios deve acontecer só em 2021, anuncia secretário

Salim Mattar alegou que prazo se deve à complexidade e ao tamanho da empresa - Marcelo Camargo/Ag. Brasil
Salim Mattar alegou que prazo se deve à complexidade e ao tamanho da empresa Imagem: Marcelo Camargo/Ag. Brasil

Carla Araújo

Colaboração para o UOL

19/02/2020 13h21

O secretário Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, Salim Mattar, afirmou hoje que, "pela complexidade e pelo tamanho da empresa", a possível privatização dos Correios só deve acontecer no ano que vem.

"Há um pensamento de que (a privatização) possa ocorrer, mas não em 2020", disse Mattar, durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto, após a primeira reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) comandada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo o secretário, a prioridade da venda de estatais é a Eletrobras.

"Está tudo correndo para que possamos fazer capitalização da Eletrobras neste ano. Nossa prioridade é Eletrobras", disse.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Guedes: Com dólar baixo, até empregada foi à Disney

Band Notí­cias

Economia