PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Juiz manda JBS dar licença remunerada a funcionários em SC

Freepik
Imagem: Freepik

Do UOL, em São Paulo

20/03/2020 21h16Atualizada em 21/03/2020 18h58

O juiz Paulo Andre Cardoso Botto Jacon mandou nesta sexta-feira (20) que a JBS dê licença remunerada aos seus funcionários em Santa Catarina por causa do surto de coronavírus no Brasil.

A ação ordenava que, a partir de sábado (21), a empresa paralisasse integralmente as atividades. Jacon justificou que a aglomeração normal de 600 trabalhadores na JBS é um risco por causa do vírus.

O juiz ainda afirmou que a empresa pode apresentar um plano de redução de atividades, sempre priorizando a saúde de seus empregados, mas que até então as atividades devem ser suspensas.

Caso a JBS não seguisse a determinação, teria de pagar multa de R$ 25 mil por dia.

A empresa recorreu à Justiça e conseguiu neste sábado uma liminar suspendendo a paralisação. A companhia divulgou nota sobre o assunto:

"A JBS informa que foi deferida liminar que autoriza a retomada imediata de suas atividades nas unidades de Forquilhinha e Nova Veneza, em Santa Catarina. A companhia reitera que mantém total foco em garantir a segurança de todos seus colaboradores, adotando rígidos protocolos de acordo com os órgãos de saúde. A decisão reafirma o firme propósito da companhia de não comprometer a produção e o abastecimento de alimentos de qualidade, atividade essencial ainda mais necessária em todo o país neste momento", diz a nota.