PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Câmara aprova texto-base que amplia distribuição de vale emergencial

Aplicativo do Auxílio Emergencial - CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Aplicativo do Auxílio Emergencial Imagem: CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

16/04/2020 19h49

A Câmara aprovou na noite de hoje (16) o texto-base do projeto que amplia as categorias que têm direito a receber o vale emergencial de R$ 600 durante a crise do novo coronavírus. Ainda é necessário votar emendas (outras modificações). Com as alterações, mais de 20 categorias poderão ter direito ao valor.

Com as mudanças, devem ser alcançados 77,5 milhões de beneficiados. Inicialmente a proposta previa 54 milhões de pessoas. O projeto é original do Senado e foi aprovado naquele plenário semana passada, mas, com as alterações feitas hoje na Câmara, precisará de nova análise dos senadores.

Entre as mudanças foi incluída a garantia do pagamento de dois benefícios para pais solteiros. Atualmente, a medida vale para mães solteiras.
Mães adolescentes também poderão receber o auxílio. O projeto também permite a suspensão dos pagamentos para quem participou do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

"Tenho certeza que a ampliação vai de encontro com as necessidades do país", disse o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO).

A equipe econômica do governo Jair Bolsonaro (sem partido) questionava pontos como mudanças nas regras do BPC (benefício pago a idosos carentes), trecho foi retirado.

O texto foi votado de maneira simbólica e teve apoio favorável a todos de todos os partidos.