PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Frank Pflaumer, VP da Nestlé: "Autenticidade é fundamental para as marcas"

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/05/2020 04h01

Frank Pflaumer, vice-presidente de comunicação e marketing da Nestlé, é o convidado do podcast Mídia e Marketing desta semana.

Na entrevista, o executivo fala sobre o processo de inovação dentro de uma das maiores produtoras de alimentos do mundo, além de contar como a multinacional está encarado a pandemia do coronavírus. Frank também dá o exemplo de Nescafé como produto que surgiu de uma crise.

A Nestlé tem trabalhado com equipes focadas em entregas de prioridades e grupos pensando em como será o "novo normal" do mercado. "A retomada da economia não vai ser uma volta fácil. Ainda não temos a visão de como vai ser isso. Todo dia estamos tentando adivinhar como vai estar o momento da volta, que não sabemos nem quando vai acontecer", diz (a partir de 3:24).

De nacionalidade alemã, Pflaumer já trabalhou em agências de publicidade, como Salles D'arcy e a Publicis, antes de ir para a Nestlé. Na multinacional, já atuou na Suíça e no Panamá.

O executivo ainda fala sobre como é trabalhar de formas diferentes para marcas dentro de uma mesma empresa, como Garoto, Nescau, Nescafé e Purina, por exemplo.

"Nosso propósito é melhorar a qualidade de vida das pessoas. Mas a autenticidade é fundamental para as marcas. As pessoas precisam se ver naquilo que a gente conversa com elas. Nossas receitas, por exemplo, têm que funcionar", diz Frank (no arquivo acima, o trecho está a partir de 10:46).

O executivo explica que, até o momento, a empresa não teve problemas de abastecimento devido à pandemia. "Temos três frentes do negócio muitas ativas: nas fábricas, nos centros de distribuição e na parte de vendas. A primeira prioridade é cuidar do bem estar dos colaboradores. A segunda é garantir o abastecimento, num mercado que já está bastante estressado", declara Pflaumer (a partir de 0:53).

Para ele, a crise fez com que as demandas se tornassem muito mais urgentes. "O que está acontecendo é a aceleração dos processos, o entendimento de quais são as oportunidades. E aí, rapidamente, acessar desenvolvimento de produto e fábrica para poder entender a demanda mais rapidamente" (a partir de 24:01).

Pflaumer cita, como exemplo, a criação do Nescafé, em 1929. Na época, o governo brasileiro pediu à Nestlé uma saída que preservasse os excedentes de café no Brasil, que resultaram do colapso da Wall Street. "É uma história que conecta o Brasil e a Suíça de uma forma muito próxima. Se criou um produto a partir do Brasil, mas existem mercados hoje onde o Nescafé é muito mais relevante, como o México" (a partir de 21:52).

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar —no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.

Mídia e Marketing