PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Paulo Marinho é entrevistado ao vivo nesta quarta, às 11h

Paulo Marinho virou peça-chave na investigação que envolve a família Bolsonaro e a Polícia Federal - JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Paulo Marinho virou peça-chave na investigação que envolve a família Bolsonaro e a Polícia Federal Imagem: JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

26/05/2020 23h58

O UOL Entrevista conversa nesta quarta-feira, às 11h, com o empresário Paulo Marinho, suplente do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos).

Pré-candidato do PSDB à Prefeitura do Rio de Janeiro, Marinho ganhou destaque na crise política que vive o país ao afirmar, em entrevista à Folha de S. Paulo, que Flávio revelou a ele, em 2018, que teria recebido informações privilegiadas da Polícia Federal (PF) sobre o seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Marinho já deu três depoimentos, dois deles à PF e um ao Ministério Público Federal, no Rio, após suas declarações envolvendo o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O último desses depoimentos aconteceu nesta terça, e ele disse, ao deixar a sede da PF no Rio, que a memória de Gustavo Bebianno, morto em 14 de março, e a demissão de Sergio Moro do Ministério da Justiça o motivaram a acusar o senador.

Os delegados pediram uma perícia em seu celular, e o empresário deverá voltar à PF na próxima quinta-feira (28) para entregar o aparelho. Um dia antes, concede entrevista exclusiva à jornalista Constança Rezende, do UOL. A conversa será transmitida ao vivo pela home do UOL e pelos canais do UOL no YouTube, Facebook e Twitter.

Marinho falará da sua relação com Bolsonaro — ele foi um dos principais aliados do presidente, durante a campanha de 2018 —, sobre as investigações envolvendo a PF, o presidente e o senador Flávio, sobre a crise política no governo federal e o que projeta como candidato a prefeito do Rio.

Notícias