PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cotações

Dólar sobe 1,96% e fecha a R$ 5,215, após três quedas; Bolsa cai 1,91%

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

23/07/2020 17h07Atualizada em 23/07/2020 17h53

O dólar comercial fechou hoje (23) em alta de 1,96%, cotado a R$ 5,215 na venda, interrompendo uma sequência de três quedas consecutivas. Ontem (22), a moeda norte-americana fechou vendida a R$ 5,114, com desvalorização de 1,87%.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira, fechou em queda de 1,91%, a 102.293,31 pontos. Ontem (22) o Ibovespa fechou praticamente estável, com leve baixa de 0,02%, a 104.289,570 pontos.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Tensão no exterior

A China alertou nesta quinta-feira que será forçada a reagir depois que os EUA ordenaram o fechamento de seu consulado em Houston, no Texas, uma medida que o Ministério das Relações Exteriores chinês disse ter "prejudicado severamente" as relações entre os dois países.

Investidores ficaram preocupados com o futuro do pacto comercial entre as duas maiores economias do mundo, o que levou à compra de moedas seguras, como o dólar.

Ainda no radar dos investidores estava a notícia de que o número de norte-americanos que entraram com pedidos de auxílio-desemprego aumentou na semana passada pela primeira vez em quase quatro meses, sugerindo que a recuperação do mercado de trabalho dos EUA está estagnando em meio ao aumento dos casos de covid-19 e à demanda fraca.

"Há um pouco de correção, que foi motivada principalmente pela decepção com dados de auxílio desemprego nos Estados Unidos", disse Flávio Serrano, economista-chefe do banco Haitong. A moeda tinha apresentado movimento bastante forte nos últimos dias" e agora devolve parte das perdas, completou.

*Com Reuters

Cotações