PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

INSS reabre com filas e sem peritos pelo país; em SP, postos estão fechados

Do UOL, em São Paulo*

14/09/2020 13h21

Parte das agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) voltou a funcionar nesta segunda-feira (14), após permanecer fechada por quase seis meses devido à pandemia do coronavírus. Mas os segurados que procuraram os postos estão enfrentando problemas. Além de filas, muitos tiveram o atendimento cancelado porque as perícias foram suspensas. No estado de São Paulo, uma decisão judicial proibiu a reabertura dos postos.

O presidente do INSS, Leonardo Rolim, afirmou à Globonews que os segurados foram avisados sobre o cancelamento das perícias por SMS, email e pelo Meu INSS, mas admitiu que muitos não receberam o aviso a tempo.

O INSS informa que só atenderá pessoas com horário agendado. O órgão orienta os segurados a não procurarem as agências se não tiverem atendimento marcado.

Veja como está a situação em alguns estados e no Distrito Federal.

São Paulo

INSS - Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo - Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo
14.set.2020 - Fila de segurados esperando atendimento na agência do INSS no centro de São Paulo. No estado, agências seguem fechadas por decisão judicial
Imagem: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

O TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) decidiu suspender a reabertura das agências do INSS em São Paulo, atendendo a um pedido do Sindicato dos Trabalhadores do Seguro Social e Previdência Social, que dizem que não há protocolos de segurança sanitária para a retomada dos trabalhos. O INSS diz que vai recorrer da decisão.

Segundo o instituto, os segurados que tinham horário agendado em qualquer agência do estado devem desconsiderá-lo e tentar remarcá-lo pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Rio de Janeiro

Imagens exibidas pela GloboNews mostraram que, pela manhã, segurados com perícia marcada tentavam atendimento, sem sucesso.

Eles foram informados, já na porta das agências de que os peritos médicos não estavam trabalhando.

Quem tinha perícia agendada para hoje ou para os próximos dias terá que fazer um novo agendamento.

Distrito Federal

INSS 2 - Mateus Bonomi/Agif - Agência de Fotografia/Estadão Conteúdo - Mateus Bonomi/Agif - Agência de Fotografia/Estadão Conteúdo
14.09.2020 - Segurados tentam ser atendidos em agência do INSS em Brasília, no Distrito Federal
Imagem: Mateus Bonomi/Agif - Agência de Fotografia/Estadão Conteúdo

Os segurados também não conseguiram ser atendidos em uma agência de Brasília. Quem não fez agendamento pela internet ou pelo telefone 135 não pôde ser atendido.

Minas Gerais

Segundo a GloboNews, em Belo Horizonte, apenas duas agências foram autorizadas a funcionar nesta segunda-feira. A maior parte dos segurados tinha perícia médica agendada e teve que voltar para casa sem atendimento.

Pernambuco

INSS 3 - Veetmano Prem/Foto Arena/Estadão Conteúdo - Veetmano Prem/Foto Arena/Estadão Conteúdo
14.set.2020 - Segurados foram fila em agência do INSS no Recife, em Pernambuco
Imagem: Veetmano Prem/Foto Arena/Estadão Conteúdo

Segurados faziam fila em porta de agência do INSS em Recife, no Pernambuco. A exigência do agendamento pela internet ou telefone antes do atendimento acabou gerando confusão.

Perícias médicas suspensas

Segundo o INSS, todas as perícias médicas agendadas para os próximos dias estão suspensas, sem data definida de volta.

A decisão vem após o anúncio da ANPM (Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais) de que os médicos não voltariam a fazer atendimentos presenciais por falta de segurança sanitária.

Segurados que tinham atendimento marcado para hoje ou para os próximos dias devem reagendar a consulta.

Medição de temperatura e álcool em gel

Na última sexta-feira (11), o INSS publicou no Diário Oficial da União uma portaria que estabelece algumas regras para o retorno gradual das agências.

Na entrada do posto, um funcionário irá medir a temperatura dos segurados, que deve ser menor que 37,5°C.

Se a temperatura for maior do que 37,5°C, o funcionário do INSS deverá esperar um pouco e checar a temperatura novamente, preferencialmente, com outro termômetro. Se a temperatura continuar acima do estabelecido, o funcionário irá orientar o segurado a reagendar o atendimento.

Os segurados que entrarem na agência deverão usar máscara, álcool em gel e manter o distanciamento de, no mínimo, um metro. Se a máscara estiver úmida, suja ou rasgada, uma máscara descartável deve ser fornecida pelo INSS.

*Com Estadão Conteúdo