PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

IR 2020: Receita abre consulta para quem caiu na malha fina

Segundo a Receita, os contribuintes que não se autorregularizarem serão chamados a prestar esclarecimentos ao fisco - Cesar Conventi/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Segundo a Receita, os contribuintes que não se autorregularizarem serão chamados a prestar esclarecimentos ao fisco Imagem: Cesar Conventi/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

22/10/2020 13h44

A Receita Federal libera amanhã (23/10) a consulta ao lote residual do Imposto de Renda de 2020. O lote residual é referente a contribuintes que caíram na malha fina do IR, mas regularizaram as pendências. Ao todo, um crédito bancário de R$ 560 milhões será realizado no dia 30 de outubro para 273.545 pessoas físicas.

O valor de R$ 211 mil será pago para contribuintes com prioridade legal, sendo 5.110 idosos acima de 80 anos, 38.301 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.636 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 21.244 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Outros 204.254 contribuintes não prioritários, que entregaram a declaração até o dia 05/10/2020, também receberão o crédito.

O contribuinte que desejar saber se teve a declaração liberada deverá acessar o site da Receita. A consulta pode ser feita também via aplicativo para tablets e smartphones.

A restituição ficará disponível para o contribuinte por um ano. Se o resgate não for feito no prazo, ainda há a possibilidade de requisição via Formulário Eletrônico — Pedido de Pagamento de Restituição.

Mas se o valor não for creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil, ou ligar para a Central de Atendimento, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).