PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

13º salário pode injetar até R$ 215 bilhões na economia, diz Dieese

Renda extra será paga a cerca de 80 milhões de brasileiros - Rodrigo Bellizzi/Getty Images/iStockphoto
Renda extra será paga a cerca de 80 milhões de brasileiros Imagem: Rodrigo Bellizzi/Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

11/11/2020 13h57

O pagamento do 13º salário tem o potencial de injetar até R$ 215 bilhões na economia brasileira neste final de ano. Segundo estimativas do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o salário extra beneficiará cerca de 80 milhões de trabalhadores e representará aproximadamente 2,7% do nosso PIB (Produto Interno Bruto).

Com média de R$ 2.458 neste ano, o 13º salário terá como foco principal os trabalhadores do mercado formal. As projeções do Dieese indicam que eles somarão 48 milhões, representando 60% dos beneficiados. Nesta conta estão também os empregados domésticos que têm carteira assinada, somando 1,4 milhão de pessoas.

No acumulado do ano — mas com foco nos últimos meses de 2020 —, esse grupo receberá aproximadamente R$ 141 bilhões, ou 65,5% do total.

Já os aposentados e pensionistas do INSS que terão a renda extra são 30,8 milhões, representando 38,4% do total de beneficiados. Eles receberão cerca de R$ 74,4 bilhões, totalizando 34,5% do montante a ser pago pelo 13º salário.

Para realizar as estimativas, o Dieese considerou dados da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) e do novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), ambos fornecidos pelo Ministério da Economia. A instituição também considerou dados da PnadC (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), da STN (Secretaria do Tesouro Nacional) e da Previdência Social.