PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Mídia e Marketing

Receita de publicidade global baterá recorde em 2021, prevê estudo

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/01/2021 04h01

A receita global de publicidade deve bater seu recorde histórico no ano que vem. Esta é uma das principais conclusões do relatório "Marketing Fact Pack 2021", produzido pelo Ad Age, principal veículo de publicidade e marketing do mundo.

A receita de publicidade mundial saltará 10,2% em 2021, alcançando investimento recorde de US$ 651 bilhões, segundo previsão da consultoria GroupM, da holding de comunicação britânica WPP, citada no relatório. O GroupM aponta que 60% da receita global de anúncios deve ficar na internet no ano que vem.

Atualmente, os cinco maiores mercados publicitários no mundo são os Estados Unidos (35%), China (22,4%), Japão (5,9%), Reino Unido (4,7%) e Alemanha (3,8%), de acordo com o estudo.

Digital deve crescer nos EUA

A consultoria Zenith, do Publicis Groupe, espera que os investimentos em publicidade nos Estados Unidos aumentem 3,2% em 2021 e alcancem um total de US$ 237 bilhões.

Deste total, 58% (ou US$ 136 bilhões) deve ficar na internet, o que fará o digital registrar crescimento de 9,6%, comparando com 2020. Os investimentos em publicidade digital nos Estados Unidos em 2021 devem alcançar o dobro do nível de 2016.

Maiores anunciantes

O relatório do Ad Age lista os cinco maiores anunciantes do mundo, em 2019:

  1. Amazon (EUA): US$ 11 bilhões
  2. Procter & Gamble (EUA): US$ 10,7 bilhões
  3. L'Oréal (França): US$ 10,3 bilhões
  4. Samsung (Coreia do Sul): US$ 9,7 bilhões
  5. Unilever (Reino Unido): US$ 8,1 bilhões

A lista de 2020 ainda não saiu.

Mídia e Marketing