PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Mídia e Marketing

Quaker muda nome de marca de panquecas e xaropes por estereótipo racista

Quaker Oats descontinua marca de mix de panquecas e xaropes "Aunt Jemima" após reconhecer que suas origens são baseadas em estereótipos racistas - picture alliance/dpa/picture alliance via Getty Images
Quaker Oats descontinua marca de mix de panquecas e xaropes "Aunt Jemima" após reconhecer que suas origens são baseadas em estereótipos racistas Imagem: picture alliance/dpa/picture alliance via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

10/02/2021 18h06Atualizada em 11/02/2021 10h20

A Quaker Oats, empresa norte-americana de alimentos, anunciou que está lançando um novo nome e logotipo para os produtos da marca de mix de panquecas e xaropes "Aunt Jemima" (Tia Jemima, em tradução literal). A partir de junho, os produtos passarão a ser comercializados com o nome de Pearl Milling Company, empresa fundada em 1888 que foi a criadora da "Aunt Jemima" e que a vendeu em 1925 para a atual detentora.

Assim, retira de cena o estereótipo racista da caricatura de uma mulher negra decorrente da escravidão no país. O desenho é baseado em uma música de show de menestréis que apresentava rostos negros que usavam aventais e bandanas. Até junho os produtos estarão nas prateleiras sem o uso da imagem.

Isso acontece após cobranças contra a marca nos protestos pelo fim da discriminação racial, provocados pela morte de George Floyd, homem negro que foi assassinado por um policial branco, em Minneapolis, nos Estados Unidos, em maio de 2020.

A nova marca "Pearl Milling Company" substitui a "Aunt Jemma" - Divulgação/PepsiCo, Inc. - Divulgação/PepsiCo, Inc.
A nova marca "Pearl Milling Company" substitui a "Aunt Jemima"
Imagem: Divulgação/PepsiCo, Inc.

"Ao longo do esforço que levou ao novo nome da Pearl Milling Company, a Quaker trabalhou com consumidores, funcionários, especialistas externos em cultura e no assunto e diversos parceiros de agências para reunir perspectivas amplas e garantir que a nova marca fosse desenvolvida com inclusão em mente", informa em nota a empresa.

Em 1º de fevereiro a PepsiCo, controladora da Quaker Oats, adquiriu os direitos da Pearl Milling Company, de acordo com informações da CNN norte-americana. A empresa ainda promete o compromisso de investir US$ 1 milhão (R$ 5,38 milhões na atual cotação) na capacitação de meninas e mulheres negras, somados aos US$ 5 milhões destinados à comunidade negra na época dos processos e mais US$ 400 milhões que foram revertidos à causa ao longo de cinco anos.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado na primeira versão, o nome do produto é Aunt Jemima, e não Aunt Jemma. E o novo nome será Pearl Milling Company, e não Pearl Malling Company. As informações foram corrigidas.

Mídia e Marketing