PUBLICIDADE
IPCA
+0,31 Abr.2021
Topo

Reforma Tributária

Apesar de frituras, Maia elogia Lira sobre parecer da Reforma Tributária

Rodrigo Maia -  Maryanna Oliveira/Agência Câmara
Rodrigo Maia Imagem: Maryanna Oliveira/Agência Câmara

Natália Lázaro

Colaboração para o UOL, em Brasília

25/04/2021 15h52

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) elogiou seu sucessor e rival, Arthur Lira (PP-AL), sobre a apresentação do texto da Reforma Tributária no Congresso Nacional. Depois de mais de um ano travado, o chefe da Casa anunciou ontem que vai apresentar o parecer inicial no dia 3 de maio.

"Parabéns ao presidente Arthur Lira. O país não pode ser prisioneiro da incompetência do Executivo", escreveu Maia pelo Twitter, em alfinetada ao Planalto.

Nos bastidores, parlamentares alegam que Maia foi um dos principais entraves da Reforma no ano passado, dificultando parecer da relatoria. O ex-presidente da Câmara e Lira se tornaram rivais por conta da eleição no Congresso, em fevereiro deste ano. Enquanto Maia tentou emplacar o aliado Baleia Rossi (MDB-SP), Lira cravou uma guerra pela cadeira e ambos declararam rivalidade durante processo eleitoral.

Longe do cargo e com parecer finalmente anunciado, as dissonâncias com o Executivo foram maiores que a briga da dupla, levando Maia a trocar elogios com o adversário.

Ontem, Lira anunciou que o texto inicial da reforma tributária será apresentado no dia 3 de maio. A Comissão mista que analisa a proposta perdeu validade no fim de março e estava paralisada, desde então. A discussão em torno da reforma tributária está há mais de um ano no Congresso Nacional, com entraves nas negociações devido a apresentação de propostas divergentes entre as duas casas.

Enquanto o Legislativo tem sofrido impasses para elaboração do parecer em defesa de seus interesses, o Executivo tem feito pressão para aprovação das pautas governamentais. Assim, o texto tem se arrastado no Congresso e, até hoje, nenhum relatório foi apresentado.

Reforma Tributária